Paim promete ir “às últimas consequências” por aposentados

Caio Cigana na Zero Hora

Governo, centrais sindicais e entidades que representam os aposentados voltam a se reunir nesta segunda-feira em Brasília para tentar um acordo.
Autor de quatro propostas em favor do aposentados que ganham mais de um salário mínimo, o senador Paulo Paim (PT) disse na tarde deste sábado em Porto Alegre que não pensa em deixar a sigla em função da disputa com o governo em torno do tema, mas não abre mão de suas convicções por pressão partidária ou solidariedade ao Palácio do Planalto.


— Vou levar às últimas consequências esta luta. Espero que o partido entenda isto — disse o senador, pedindo para a sua posição não ser interpretada como uma ameaça ao PT.

Governo, centrais sindicais e entidades que representam os aposentados voltam a se reunir nesta segunda-feira em Brasília para tentar um acordo. No último encontro, o governo pediu que os aposentados abrissem mão dos quatro projetos do senador Paim para, em um segundo momento, apresentar uma proposta de reajuste acima da inflação para os benefícios em 2010. A posição do governo foi rechaçada. Segundo Paim, deputados que representam o governo com quem conversou na sexta-feira se comprometeram a tentar convencer os ministros envolvidos na negociação a apresentarem uma proposta concreta na reunião desta segunda-feira. Caso persista o impasse, os projetos podem ser votados na Câmara, onde Paim diz ter certeza da vitória.

— Se a Câmara aprovar e o Lula vetar, será um desastre para a campanha presidencial— alerta.

Os projetos de Paim recuperam perdas passadas das aposentadorias, vinculam o reajuste dos benefícios ao salário mínimo e extinguem o chamado fator previdenciário.


11 comentários

  1. Sudoestino
    domingo, 23 de agosto de 2009 – 16:02 hs

    partabens paim continue lutando pelos nossos direitos pois contribui religiosamente durante 35anos sobre cinco salarios minimos quando requeri o aposento me consederam dois salarios e meio, depois veio defazando hoje recebo somente um salario inicio da minha aposentadoria março de 1997.um abraço antonio v. balardini fco beltrão pr. 04699224266

  2. domingo, 23 de agosto de 2009 – 17:18 hs

    Parabens srPaulo Paim, o que eu já tinha dito, naõ interessa o partido, não interessa siglas, para nós aposentados somos 22 milhões, estamos só pedindo o que é de direito, tomara que deus vós ilumine e aos seus colegas tambem para que voçes continuem essa luta justa en nosso favor de recuperar o poder aquisitivo perdido, façam prevalecer a justiça a quem trabalhou tanto e deu seu suor e lágrimas por uma sociedade sempre melhor,,,,,,,,deixem -nos viver agora com dignidade…….

  3. trabalhador sòbrio
    domingo, 23 de agosto de 2009 – 18:00 hs

    esse è outro fajuto igualzinho ao merdandante, se o LULA BERRA SE ACADELA IMEDIATAMENTE. MEUS PESAMES AO POVO GAÙCHO QUE ELEGE ESSA ESCÒRIA DOS PETISTAS.

  4. Anônimo
    segunda-feira, 24 de agosto de 2009 – 20:14 hs

    Se o governo nao paro os aposentados que ganham acima do salário mínimo, nao faz sentido algum, contibuir para se ter uma aposentadoria mais dígna, os planos de pensão se enchem de dinheiro cada vez mais, e você fatalmente irá para mesmo famigerado do mínimo.Em pouco tempo.

  5. Kaka
    segunda-feira, 24 de agosto de 2009 – 20:40 hs

    Se o próprio PT se opor à proposta do senador Paulo Paim, isso demonstra que realmente o PT perdeu o sentido de ser, afinal, um partido que se intitula: Partido dos Trabalhadores, deve estar ao lado do proletariado, e nada mais justo que aqueles que ajudaram o país a crescer receberem uma aposentadoria que compense seus esforços durante a vida.

  6. sábado, 5 de setembro de 2009 – 15:20 hs

    o senador paulo paim na sua luta demonstra que se interessa e luta muito pelo direito do aposentado tanto no tocante a desaposentacao bem como fator previdenciario, itens que o governo criou para atrapalhar o aposentado e toda a populacao parabens do povo brasileiro que gostam de justica, porque enquanto o senador paulo paim luta pelo povo outros ficam se beneficiando no poder para tirar vantagens a si proprio

  7. CELIA MOLINA
    terça-feira, 29 de dezembro de 2009 – 10:56 hs

    GOSTARIA DE SABER SE ACONTECER O FIM DO FATOR PREVIDENCIARIO TODOS OS APOSENTADOS PREJUDICADOS COM O FATOR SERA ACERTADOS AS APOSENTADORIAS OU SO OS NOVOS,SERIA INJUSTO POIS TODOS CONTRIBUIRAM PELO PAIS.

  8. CELIA MOLINA
    terça-feira, 29 de dezembro de 2009 – 10:57 hs

    GOSTARIA DE TER RESPOSTA DO MEU COMENTARIO

  9. terça-feira, 29 de dezembro de 2009 – 11:37 hs

    EU TENHO UMA ESPERANÇA DE QUE O GOVERNO NOS PAGUE Á DEFASAGEM ATRASADA EM %%%%%%%%%%%%%%%%%%%% QUE DEUS VOS ILUMINE.

  10. maria salustiana lopes silva
    sábado, 30 de janeiro de 2010 – 11:52 hs

    Estou anciosa para o termino do fator previdenciário no calculo de aposentadoria. Já tenho tempo e idade para me aposentar, mas a perda no salário vai me prejudicar . Oro todos os dias para Deus tocar no coração dos parlamentares e do Presidente da Republica, para que tenham censo e consideração para com os aposentados e os que estão para se aposentar.

  11. Crisanto holanda Dutra
    segunda-feira, 15 de março de 2010 – 8:55 hs

    Gostaria muito que esses deputados tivessem conciencia.Pois quem trabalhou uma vida,para ganhar pouco mais de um salario,Agora não adianta mais contribuir com mais se vai receber so um mesmo.SR.PRESIDENTE,SOCORROOOOOOOOOOOOOOO…… ja que o SENHOR foi a salvação de muitos SOCORRA_NOS TAMBEM. O que estam fazendo com os aposentados é uma grande injustiça.Pois quem se aposentou com dois salarios e meio, agora recebe um pouco mais de um.Agora porque a tendecia é ficar so em um mesmo.Isto ta certo?

Deixe seu comentário: