Ministério Público acusa Igreja Universal de lucrar com a doação dos fiéis | Fábio Campana

Ministério Público acusa Igreja Universal de lucrar com a doação dos fiéis

edirmarcedo1_76

A revista Veja que chega às bancas neste domingo traz matéria devastadora sobre os lucros da Igreja Universal do Reino de Deus, cujo criador, patrono e beneficiário é o bispo Edir Macedo (foto), que acumulou fortuna inigualável tomada dos fiéis como doações. A matéria é a que segue:

O Ministério Público de São Paulo acusa Edir Macedo e mais nove integrantes da Igreja Universal de usar o dinheiro de doações de fiéis para fazer negócios e engordar o próprio patrimônio.

Há 32 anos, os templos da Igreja Universal do Reino de Deus recebem ricos e pobres, crédulos e descrentes, doentes, despossuídos e desesperados. A todos a igreja oferece consolo e, muitas vezes, também uma porta de saída para escapar do vício, do crime e da solidão. Mas cobra caro por isso. Baseada numa particular Teologia da Prosperidade, a Universal, fundada e chefiada pelo bispo Edir Macedo, prega que a maior expressão da fé são as oferendas de dinheiro à igreja (e também de carros, casas e cheques pré-datados).

A ideia de que “quanto mais se doa, mais Deus dá de volta”, levada ao paroxismo pela eloquência dos bem treinados pastores da Universal, já fez com que almas crédulas arruinassem seus casamentos, suas finanças, suas vidas.

O Código Penal, contudo, não alcança práticas religiosas. Em linhas gerais, se um brasileiro quiser doar tudo o que tem a qualquer igreja, está livre para isso. E quem receber a doação também não encontra empecilhos na legislação. O que não se pode é tapear a lei – e é precisamente isso o que vem fazendo Macedo e outros nove integrantes da cúpula da Universal, segundo uma peça de acusação elaborada por promotores do Grupo Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público de São Paulo. A partir da denúncia oferecida pelo Gaeco e aceita pela Justiça na última segunda-feira, Macedo e seu grupo tornaram-se réus em um processo criminal sob as pesadas suspeitas de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro.

Com base numa investigação de dois anos, o MP afirma que Macedo e seu grupo converteram-se em uma organização criminosa ao usar as doações de fieis para engordar seu próprio patrimônio – no caso do bispo, nada desprezível. Além de dono de 90% da TV Record, Macedo e a mulher, Ester Eunice Rangel Bezerra (ela dona dos outros 10% da emissora, segundo aparece no contrato de concessão) têm uma coleção de imóveis que incluem, apurou VEJA, dois apartamentos em condomínios de luxo em Miami, nos Estados Unidos: o primeiro, em nome de Ester, foi comprado em 2006 e está avaliado em 2,1 milhões de dólares. O segundo, registrado em nome do casal, foi adquirido no ano passado e custou mais do que o dobro do primeiro: 4,7 milhões de dólares. Ambas ficam na Collins Avenue, um dos endereços mais sofisticados da cidade.

Denúncias – Segundo a denúncia do MP, além de enganar os fieis embolsando o dinheiro que deveria ter destinação religiosa, a Universal burla o Fisco ao aproveitar-se de sua imunidade tributária e fazer transações comerciais. A imunidade fiscal assegurada pela Constituição às igrejas baseia-se no princípio de que seu patrimônio, renda e serviços visam à atividade religiosa, e não ao lucro. Quando o dinheiro dos fieis é usado para comprar empresas e jatinhos – caso dos pastores da Universal, segundo o MP -, a Justiça tem de ser acionada.

Em 1997, uma auditoria da Receita Federal sobre as contas da Universal produziu um relatório defendendo que ela perdesse a imunidade fiscal, uma vez que a igreja vinha fazendo uso do benefício para ganhar dinheiro. Com base no documento, tramita na Justiça Federal desde 1997 um processo em que o Ministério Público Federal tenta cancelar a concessão da Rede Record ao bispo Macedo. O MP diz que, embora o contrato esteja em nome de pessoas físicas (dele e de sua mulher), a TV teria sido comprada com dinheiro de pessoa jurídica, a Igreja Universal, o que é vedado por lei.

Entre 2001 e 2008, a Universal, segundo os promotores, amealhou 8 bilhões de reais de seus cerca de 8 milhões de seguidores. Metade dessa dinheirama foi parar em contas bancárias da igreja por meio de 4 015 depósitos em espécie – direto das sacolinhas dos dízimos. A outra metade chegou, principalmente, por meio de transferências eletrônicas provenientes de filiais da igreja espalhadas pelo país. A partir daí, o esquema funcionava da seguinte maneira, de acordo com a acusação: a maior parte do dinheiro era repassada, a título de “pagamentos”, para empresas de fachada controladas por integrantes do grupo, a Cremo Empreendimentos e a Unimetro Empreendimentos.

Ambas movimentaram, entre 2004 e 2005, mais de 70 milhões de reais, ainda que não tenham oferecido no período qualquer serviço ou produto, segundo atesta a Secretaria de Fazenda de São Paulo. Da Cremo e da Unimetro, o dinheiro dos fieis era enviado para empresas sediadas em paraísos fiscais: a Investholding, nas Ilhas Cayman, e a Cableinvest, nas Ilhas do Canal. De lá, retornavam ao Brasil disfarçado de empréstimos para pessoas ligadas à Universal, que usavam os valores para transações nada religiosas. Apesar do emaranhado trajeto percorrido pelo dinheiro, ele, na verdade, nunca saiu das mãos da cúpula da Universal.

O Gaeco sustenta que foi esse o esquema usado pela igreja para comprar, por exemplo, a TV Record do Rio de Janeiro (em 1992, por 20 milhões de dólares) e a TV Itajaí, de Santa Catarina. Ao todo, o império de comunicação da Universal reúne 23 emissoras de TV, 42 emissoras de rádio e outras 12 empresas. O do bispo prospera na mesma medida. Em 2007, ele se esmerava na construção de uma casa de 2 000 metros quadrados em Campos do Jordão (SP), no valor de 6 milhões de reais. Naquele tempo, já era proprietário de outra casa na mesma cidade, comprada nove anos antes por 600 000 dólares. Some-se a isso os imóveis de Miami e não restará dúvida de que Macedo é um abençoado. Resta saber se à luz da lei tanta prosperidade também poderá ser comemorada.

Na semana passada, o profano e o religioso se confundiam na programação da Rede Record. No horário nobre, o Jornal da Record reagiu às denúncias contra Edir Macedo, fundador da Igreja Universal do Reino de Deus, por meio de reportagens que atacavam o Ministério Público e a concorrente Globo. De madrugada, um programa da própria igreja veiculado na emissora, o Fala que Eu Te Escuto, repetia as mesmas reportagens à exaustão. É mais uma evidência de que, a despeito das afirmações de independência da emissora, Universal e Record são metades inseparáveis de um só organismo.

Pessoas ligadas à igreja ocupam a maioria dos cargos de direção da emissora. A Universal repassa anualmente à Record montantes crescentes de recursos – foram 240 milhões de reais em 2006, 320 milhões em 2007 e 400 milhões em 2008. Pertencem a ela, ainda, alguns dos principais imóveis onde a Record está sediada. Boa parte das regalias de seus executivos não sai do caixa da própria emissora: na semana passada, VEJA constatou que um deles mora num imóvel pertencente à Cremo, uma das empresas do esquema de lavagem de dinheiro denunciado pelo Ministério Público.

A comunhão espiritual entre Record e Universal também se dá pela via contrária: a igreja se utiliza fartamente dos recursos e do material produzido pela emissora. Num dos QGs de Edir Macedo – o templo localizado na Avenida João Dias, em São Paulo, onde ele e seus principais auxiliares moram quando estão na cidade -, carros de reportagem da emissora ficam à disposição dos bispos. As equipes do Fala que Eu Te Escuto utilizam equipamentos da Record para produzir entrevistas nas ruas – e seus repórteres exibem o microfone com logotipo da rede. Nos bastidores da emissora, artistas e jornalistas reclamam de ver suas atrações na Record serem recicladas no programa dos bispos – sem ganhar adicional de salário por isso.


14 comentários

  1. MATHEUS LORRAN BARRETO JERONIM
    terça-feira, 22 de setembro de 2009 – 14:34 hs

    EU ACHO QUE NINGUEM É OBRIGADO A NADA, EU SOU A FAVOR DA IGREJA UNIVERSAL POIS A IGREJA NÃO OBRIGA A NINGUÉM A DAR DINHEIRO NÃO APONTA ARMA OU COISA PARECIDA, CADA UM DAR O QUE PODE E DAR EM GRATIDÃO A DEUS. AS PESSOAS QUE ACUSÃO A IGREJA ESTÃO CEGAS, SE OS FIEIS COMO EU ESTIVESE SENDO OBRIGADO A FAZER ISSO JA TERIAMOS POSTO TUDO ISSO NAS MÃOS DE DEUS EM PRIMEIRO LUGAR E DEPOIS NA JUSTIÇA(LEI) ENTÃO DEVEMOS TOMAR CUIDADOS AO FAZER ESSES TIPOS DE ACUSAÇÕES:
    “TRAZEI TODOS OS DIZIMOS A CASA DO TESOURO PARA QUE HAJA MANTIMENTO EM MINHA CASA” malaquias 3:10

  2. Marcelo
    quarta-feira, 25 de novembro de 2009 – 10:36 hs

    A Rede Globo já fez muitas coisa erradas, também mandou dinheiro para os paraísos fiscais, mas se explorou alguém foram os ricos, não os pobres e nem prometeu a salvação e o paraíso em troca do seu enriquecimento, como o Edir Macedo, o bispo do Diabo.

  3. Marcelo
    quarta-feira, 25 de novembro de 2009 – 10:41 hs

    Caro MATHEUS LORRAN BARRETO JERONIM e outros defensores da Universal, também já frequentei a igreja e realmente ela não obriga ninguém a dar dinheiro, os pastores apenas dizem: quem sacrifica pra Deus vai pro céu, quem não sacrifica perde a salvação, a escolha é sua, ir pro céu ou pro inferno só depende de você. Realmente, isso não obriga ninguem a sacrificar, afinal, pra que ir pro céu se no inferno é quentinho o ano todo? Um abraço, que Deus te ilumine, pq vc tá precisando…

  4. Marcelo
    quarta-feira, 25 de novembro de 2009 – 10:44 hs

    A questão é o que o bispo Edir Macedo possuia antes de fundar a igreja e o que ele possui hoje NO NOME DELE E DA ESPOSA, NÃO NO NOME DA IGREJA, isso mostra o quanto ele enriqueceu…

  5. Victor
    quarta-feira, 9 de dezembro de 2009 – 13:00 hs

    nao entendo, pq o ministério público está investigando esse safado de primeira categoria e a culpa é da globo??
    esse povo tem que parar com essa mania de teoria da conspiração e pensar realmente nas coisas que estão acontecendo.
    nao tem o que falar, aí fala mal da globo. que originaaaaaaaaaaaaaaaaaall….

    pq nao assiste record e ve como ela eh um exemplo de “seriedade e parcialidade”…
    se um dia eu for investigado pelo MP, quero ter um canal de TV soh pra iludir a opinião publica, igaulzinho ao Edir Macedo!!!

  6. SIDNEI RODRIGUES
    domingo, 17 de janeiro de 2010 – 16:56 hs

    GLOBO FALANDO MAL DA RECORD É O MESMO QUE A COCA-COLA FALANDO MAL DA PEPSI-COLA. É TUDO A MESMA COISA. E TEM MAIS. A IGREJA CATÓLICA TAMBÉM MERCADEJA COM A FÉ. EXISTE O TAL DO ÓBULO DE SÃO PEDRO, QUE É UMA SINGELA ALÍQUOTA DE 20 % DE TODO E QUALQUER DINHEIRO QUE ENTRE NOS COFRES DAS PARÓQUIAS DE QUALUER PARTE DO MUNDO. QUER DIZER, PAÍSES ESMAGADOS PELA FOME E OUTRAS CHAGAS SOCIAIS MANDAM DINHEIRO PARA UM ESTADO INDEPENDENTE COM MENOS DE UM QUILÔMETRO QUADRADO DE ÁREA. E O QUE DIZER DAS PARTICIPAÇÕES DA IGREJA CATÓLICA COMO ACIONISTA DE GRANDES BANCOS EUROPEUS DE LABORATÓRIOS QUE FABRICAM ANTICONCEPCIONAIS E OUTROS PECADOS ??????????

  7. celso
    terça-feira, 16 de fevereiro de 2010 – 8:13 hs

    a igreja universal e uma maquina de fazer dinheiro deixando os pobres de lado e favorecendo os seus bispos arrogantes e cheios de si mesmo meu deus até quando esta vergonha vai permanecer

  8. BRÁS DE JAÍBA, NORTE DE MINAS- (38) 91979915
    segunda-feira, 3 de janeiro de 2011 – 21:58 hs

    BOM, TUDO PELO DINHEIRO, TUDO PELO PODER, PELO O OURO E A PRATA ESTÃO VENDENDO E NEGOCIANDO A FÉ DAS PESSOAS, O EDI MACEDO NÃO ESTÁ SOZINHO, A IGREJA CATOLICA VEM MASSACRANDO O POVO HÁ MAIS DE DOIS MIL ANOS, MAS ISSO É BIBLICO, MEUS IRMÃOS: IRÃO FAZER DE VÓS NEGOCIOS E VENDAS, É UMA PENA, EDIR MACEDO E A IGREJA CATOLICA SÃO TODOS FARINHA DO MESMO SACO! O CATOLICISMO É A MÃE EDIR MACEDO O FILHO, TUDO PELO MALDIITO E COBISSADO PODER, TUDO PELO OURO E A PRATA” COITADO DO POVO, DEUS FEZ UM MUNDO LINDO E MARAVILHOSO, MAS O POVO NÃO TEM SORTE, TÁ CHEIO DE LADRAO”

  9. Emerson dos Santos
    quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 – 11:19 hs

    O Bispo é uma pessoa acima da media, na realidade quem vai contra os seus feitos são pessoas muito abaixo da media que não faz nada e criticam os inteligentes que gaham muito dinheiro.
    Uma pessoa igual o Sr. Edir é capaz de tudo, nada pade paralo o Templo de Salomão por exemplo esta sendo contruido e ai ?
    Não sou da igreja, não tenho nada a ver com a Universal, mas eu sei que este homem descobriu um segredo “SO EXISTE UM REINO NA TERRA O REINO DE DEUS”

  10. Maurício Brant
    quarta-feira, 5 de janeiro de 2011 – 20:53 hs

    Edir Macedo é um cara muito é do esperto!
    E um monte de imbecis são as pessoas que vão até a igreja universal para dá tudo que tem em troca de “salvação” – Eu acho é pouco!!!
    E por falar em doar, se quiser fazer isso sem descer do carro, passe no DRIVE THRU de Vila Mariana (São Paulo).
    E por outro lado, se quiserem também enriquecer a Rede Globo, uma das formas é fazer uma doação ao “Criança Esperança”.
    “TODOS OS DIAS UM MONTE DE IDIOTAS SAEM DE SUAS CASAS A PROCURA DE UM ESPERTALHÃO”

  11. fatima
    quarta-feira, 24 de outubro de 2012 – 12:20 hs

    Precisamos fazer alguma coisa. Divulgar essas notícias para que essa igreja horrorosa não domine a cabeça dos mais crédulos. Tá parecendo o Oriente Médio com o Islamismo. Daqui a pouco vão mandar os fiéis botar fogo no corpo, ou melhor, isso não, senão quem vai sustentá-los.

  12. Michelle Helena
    sexta-feira, 2 de novembro de 2012 – 18:51 hs

    Não sou evangélica, simplesmente acredito em Deus. Não neste Deus que Edir Macedo e a IURD, pregam. Mas, em um Deus misericordioso, que não cobra para nos abençoar. Um Deus maravilhoso, que basta que tenhamos fé, amor ao próximo, para que vejamos os resultados. Gostaria de entender, desde quando para que sejamos abençoados por Deus temos que pagar por isto? Não podemos chamar estes “traficantes de fé” de Igreja. Não sei como classificá-los, mas certamente toda esta facção sabe o que os espera, pois eles têm grande conhecimento das outra religiões. pois, além de criticarem bastante, utilizam, mascaradamente alguns rituais feito na Umbanda. E depois os Umbandistas que são feiticeiros!!!!! Garanto a todos estes safados que a maioria das Casas Espíritas, praticam CARIDADE, ao invés de utilizar o nome de DEUS e JESUS CRISTO, para roubar o dinheiro do povo. E eles ainda querem falar da religião alheia. Coitado destes que são enganados pela FÉ CEGA!!!!!!!!!!!!!

  13. Matheus Lorran
    sábado, 2 de novembro de 2013 – 11:06 hs

    Quem escolheu judas, não foi Jesus? Nem quando o mesmo o traiu, Jesus não pediu a opinião de qualquer um de seus discípulos a respeito dele,nem ordenou o povo que parasse de ofertar, porque sabia que a fidelidade era com Deus e não com o homem .
    Quem és tu que julgas o servo alheio???Deus deixou seus mandamentos para serem obedecidos, se o homem rouba ou nao é problema dele com Deus. Eu sou fiel a Deus.

  14. sábado, 27 de agosto de 2016 – 9:14 hs

    É MAIOR PICARETA DE TODA HISTÓRIA RELIGIOSA BRASILEIRA,TODAS AQUELAS TESTEMUNHAS QUE APARECE NA TV E FALAM NO RADIO SÃO COMBINADOS EU JA INVESTIGUEI ISSO.

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*