Vem aí o filme do Manaoos Aristides sobre a vida do Requião | Fábio Campana

Vem aí o filme do Manaoos Aristides sobre a vida do Requião

manaoos-requiao

O videomaker Manaoos Aristides, muito ligado à família Requião e recém nomeado diretor da TV Educativa, confidenciou que pretende fazer um longa metragem sobre a vida de Roberto Requião. Será um épico, garante. Ele pensa pedir aos secretários Benedito Pires e Nizan Pereira que elaborem o argumento. No papel de Requião jovem, Manaoos imagina o sobrinho do Duce, João Arruda.

O deputado Valdir Rossoni, que está em viagem ao exterior, quando soube do projeto de um filme sobre Requião que seria rodado às expensas do erário público, não deixou o estrilo para a volta. Foi logo perguntando:

— Quanto vai custar esse filme?

Segundo Rossoni, um filme sobre a vida e o comportamento político de Requião não será um épico, será um hípico. Para o deputado, seria este o último gesto da absoluta desfaçatez que caracterizou o governo.


46 comentários

  1. Jeca Tatu
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 16:25 hs

    Desde Mazaropi não apareceu nenhum cine-pastelão. Acho que vai fazer sucesso danado. Nós, caipiras e coitados, temos que ao menos ri um pouco da nossa própria desgraça.

  2. SYLVIO SEBASTIANI
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 16:31 hs

    NESSE FILME PRECISA TER DUAS PERSONAGENS: FÁBIO CAMPANA E SYLVIO SEBASTIANI, SE FOR PARA VALER E REAL !

  3. Ex-funcionário
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 16:59 hs

    Funcionários do governo, cargos comissionados e outros, vão ter que obrigatóriamente assistir ao filme e depois serem sabatinados na escolinha do professor Raimundo. O duro é ter que assistir ao todo dia na RTVE… aliás quem assiste a RTVE? kakakakakakakakaka

  4. Bola Oito
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:19 hs

    Vai faltar é ator figurante para ser contratado. Centenas de figurantes, milhares, para representarem todos os cargos do governo.

  5. Bola Oito
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:20 hs

    Aliás, esqueci de comentar, mas se fosse outro país, a vida de outros políticos daqui já teriam biografia em livro e gente pra filmar. Ney Braga e Bento Munhoz da Rocha, por exemplo. Até a vida do Paulo Pimentel dava muito mais filme.

  6. cinema
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:24 hs

    SYLVIO SEBASTIANI, quem você gostaria que atuasse no seu papel? aliás alguém arrisca uma escalaçao?

  7. Geraldo Medeiros
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:27 hs

    Título sugerido:

    “O PANGARÉ DAS ARAUCÁRIAS”

  8. Aldo
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:28 hs

    Sugiro um concurso para o título do filme.
    Minha sugestão: ENCURRALADO (Duel, EUA, 1971)

  9. alice
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:46 hs

    bôa aldo. outros títulos de filmes que eu sugiro para a história do Requião:

    A REVOLUÇÃO DOS BICHOS (Animal Farm, 1999)

    TUDO EM FAMÍLIA (The Family Stone, 2005)

    PRENDA-ME SE FOR CAPAZ (Catch Me If You Can, 2002)

    UMA FAMÍLIA DA PESADA (Family Guy, desenho)

    TUDO POR DINHEIRO (Two for the Money, 2005)

  10. Gustavo
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 17:50 hs

    O nome poderia ser: Recão, ladra mas nao morde.

  11. bimbo
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 18:04 hs

    alice , bota aí “Jack o estripador”

  12. J. A. REZZARDI
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 18:05 hs

    No cinema eu não irei e em casa, pela tevê, também não assistirei. Já acho demais ter que ver o Lula e o Chaves nos noticiários. O Requião, no telão, não Robertão!

  13. Chico 1
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 18:31 hs

    Esse filme QUERO VER SE PERCO – pelo menos, umas 100 vezes!!!!!!!

  14. caudio
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 18:31 hs

    O Manaoos Aristides que primeiro termine o filme ¨A SAGA ¨para o qual ele já tomou dinheiro, e MUITO, de varias Secretarias de Estado e tambem de Autarquias endinheiradas ou de seus fornecedores e clientes , tipo Detran e Porto de Paranaguá , alem das empresas Publicas, Sanepar,Copel etc…

  15. SYLVIO SEBASTIANI
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 18:54 hs

    A SITUAÇÃO DO ROBERTO REQUIÃO ESTÁ TÃO BAIXA QUE NINGUÉM LEVA À SÉRIO NADA DELE, NEM UM FILME DE SUA VIDA. É ROBERTO VOCÊ ESTÁ PAGANDO POR TUDO QUE FEZ. EU ME COLOCO NO PAPEL NAQUELE EX-COMPANHEIRO, QUE LHE DESMENTE, QUE NÃO RESPONDE A SEUS CUMPRIMENTOS, QUE NÃO FALA COM VOCÊ, MESMO NA CONDIÇÃO DE GOVERNADOR DO ESTADO.ALIÁS É O MEU PAPEL DE HOJE, QUE FAÇO E JÁ FIZ.

  16. telescópio
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 19:37 hs

    E o Ferreirinha, quem vai fazer o papel de…

  17. telescópio
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 19:44 hs

    Com todo respeito ao meu amigo Fabio, sugiro o ator Luiz Melo para viver seu personagem. Nas fotos voces andam bem parecidos.

  18. Bitão
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 19:45 hs

    Deve ser um filme de terror……

  19. caudio
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 19:56 hs

    O Ferreirinha poderia ser feito pelo Delazari Filho, fraude por fraude .
    O que voce, que sabe bem da historia acha da sugestão , Fabio?

  20. Lais
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 22:12 hs

    SERÁ UM FILME DE TERROR DE TERCEIRA CATEGORIA!

  21. LINEU TOMASS
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 22:23 hs

    FÁBIO E GALERA DESTE BLOG.

    CALMA GENTE. PRÁ QUE TANTO ÓDIO?

    AOS FAVORÁVEIS AO REQUIÃO, AOS QUE O ODEIAM E AOS “ETC”.

    ANÁLISE, COM ISENÇÃO DE ÂNIMO…..

    É DE SE RECONHECER, QUE O REQUIÃO É UM PERSONAGEM QUE MERECE TER SUA VIDA CONTADA EM UM FILME, SIM.

    AFINAL É UMA FIGURA POLÊMICA, E VENCEDORA, POIS FOI O ÚNICO POLÍTICO ELEITO POR TRÊS VEZES GOVERNADOR DO ESTADO DO PARANÁ, FOI DEP. ESTDUAL, PREFEITO DE CURITIBA, (BATEU O MITO JAIME LERNER, NO AUGE, NA ÉPOCA), FOI SENADOR…..NÃO INTERESSA DISCUTIR O MÉRITO DE COMO “CHEGOU LÁ”.

    INTERESSA, QUE “CHEGOU LÁ”.

    CONHEÇO O MANAOOS E CASO ELE FAÇA O ROTEIRO, TENHO CERTEZA QUE VAI CONTAR TUDO SOBRE A VIDA DO REQUIÃO, SE NÃO FICA UM FILME “CHAPA BRANCA”, E AÍ SERIA SEM VALOR, UM FRACASO.

    AGORA, VEJAM.
    TENHO SÉRIAS RESTRIÇÕES AO COMPORTAMENTO PESSOAL DO REQUIÃO, COMO UM LÍDER DESAGREGADOR, QUE CHUTA OS AMIGOS ETC. ETC..
    BATI NELE DURANTE 18 ANOS.

    O MANAOOS QUE PESQUISE TUDO NA VIDA DO “IL DUCE” (DITADOR EM ITALIANO), E CONTE TUDO, MESMO QUE DÊ UM FILME COM PROJEÇÃO DE 4 HORAS, E INCLUA O FABIO CAMPANA E O SILVIO SEBASTIANI, SIM, ELES TÊM QUE ESTAR NESTA HISTÓRIA E OUTROS TAMBÉM.

    CASO O MAOOS CONTE TUDO, E A VERDADE, VAI SER MUITO BOM.

    TEREMOS FATOS DESDE O PENEU QUE ELE LEVOU NA ASSEMBLÉIA PARA DENUNCIAR “PREÇO GORDURA” NA PLANILHA DO TRANSPORTE COLETIVO DE CURITIBA, ATÉ O CASO “FERREIRINHA”, ESTE BEM CONHECIDO DO FÁBIO, PASANDO AINDA PELA HISTÓRIA DO REQUIÃO SERVINDO NO CPOR DE CURITIBA, QUANDO PINTOU O CAVALO DO GENERAL COMANDANTE, NÃO SEI DE QUE COR., ETC. ETC. ETC. ETC.ETC.ETC.

    NÃO ODEIEM TANTO. FAZ MAL PARA A SAÚDE.

    PARA ENCERRAR. ATENÇAÕ!

    SERÁ QUE ESTA HISTÓRIA DE “FILME DO REQUIÃO”, NÃO FOI UM JOGADA DO MARKETEIRO MANAOOS, PARA COLOCAR O REQUIÃO NO CENTRO DESTA DISCUSSÃO? E NÃO EXISTE NADA PROJETADO FILME NENHUM?

    LINEU TOMASS.

  22. Joana Darc
    sexta-feira, 23 de janeiro de 2009 – 22:57 hs

    kkkkkk
    mais sugestões:
    À Beira da Loucura
    A.I. – Inteligência Artificial
    À Beira do Abismo
    À Espera de um Milagre
    À Meia-Noite Levarei Tua Alma
    À Procura da Vingança
    A Sete Chaves
    Abilolado Endoidou, O
    Acertando as Contas com Papai
    Acontece nas Melhores Famílias
    Acredite, um Espírito Baixou em Mim
    Adivinhe Quem Vem Para Roubar
    Advogado do Diabo, O

    aceito mais sugestões

  23. JUSTICEIRO
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 0:00 hs

    Sugiro o titulo mais apropriado

    D E U A L O U C A N O M U N D O

  24. BOLIVARIANO
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 0:02 hs

    Vai dar penhora no cache do Diretor do Filme, ah se vai. Os credores do Manaos estão só de olho…

  25. Mano da Vila
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 0:47 hs

    Seria cômico se não fosse trágico. Gostaria de saber como esse sr. Aristides encara os pais, filhos, mulher e amigos depois de uma demonstração “tão afetiva” pelo hediondo desgovernador paranaense. Vai ser puxa-saco lá no Canguiri!!!!!!!!!!!!

  26. Joel
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 7:12 hs

    Nesse deve entrar a questão da segurança onde o bandidos mandam no Pr, e as pessoas de bem tem ficar trancada em casa, e a questão do homen que fala e não cumpre, como o PEDAGIO ABAIXA OU ACABA nem acabou nem abaixou……..

  27. Ex-funcionário
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 7:20 hs

    O sobrinho João Arruda vai interpretar o Requion… o nepotismo continua…

  28. Marcos Strasson
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 8:12 hs

    Nossa, tem uns silvios sebastianis da vida que se roem de inveja do Requião. Ô turminha inútil que não tem nada prá fazer a não ser se auto-locupletar com comentários xulos no blog do Fábio. Vão trabalhar e produzir algo decente minha gente.

  29. Marcos Strasson
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 8:12 hs

    Só para completar, cuidado que a inveja mata…

  30. Dr. Joaquim
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 8:46 hs

    Agora um épico mesmo daria um filme sobre o Rossoni. Começaria com sua infancia pobre, vida de garçom, contaria um pouco sobre sua cidade , Bituruna e, aos poucos o roteiro do filme adentraria em sua vida política. Aí , as peripécias não seriam poucas. Por exemplo: entrariam também no roteiro a receita federal e o ministério público investigando sua vida, principalmente suas finanças, daria inquérito policial, CPIs, ações penais, para dizer o menos. Não seria propriamente um filme biográfico, teria enredo onde entrariam outros personagens, tais como: Giovani Gionédis, Deonilson Roldo , sem contar também , uma legião de figurantes que o saudariam em grande estilo. Mas, no the end, ao descerrar das cortinas,quando ele, Rossoni estivesse descendo do palco, uma operação surpresa da polícia federal se confundiria com os caracteres do filme, observados por uma grande platéia. Com certeza, o filme , estaria entre os indicados para o OSCAR de melhor filme estrangeiro.

  31. tata
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 14:25 hs

    Nem bem entrou no governo e esse Manaoos já ganhou o Oscar de Capacho de Ouro.
    Em poucos dias conseguiu arrebatar este título que era do Doática.
    Eu só não entendo como é que o Doático não pensou nisso antes, animo rapaz ainda sobrou o lugar de lustrador das botas do chefe.

  32. Vigilante do Portão
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 17:37 hs

    É verdade Lineu, o Requião é um VENCEDOR.
    Pena que os perdedores somos todos nós.

  33. SYLVIO SEBASTIANI
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 17:53 hs

    É STRASSON OU STRAPASSON? INVEJA DO REQUIÃO? PERGUNTE PARA ELE E TODA A FAMILIA DELE SE POSSO TER INVEJA DELE. EU POR TER SIDO FUNDADOR, PRESIDENTE DO MDB, PARTIDO QUE ELE NUNCA FOI, ELE E VOCÊ QUE TEM INVEJA DE MIM. TANTO QUE SE A INVEJA MATA, EU ESTOU COMPLETANDO 80 ANOS E ESTOU VIVO E VOCÊ? CHEGA LÁ.? MOSTRO O NOME E A CARA E VOCÊ? QUAL É SEU CARGO COMISSIONADO NO GOVERNO, MOSTRE SEU JOGO E CONTE PARA SEUS AMIGOS E FAMILIARES QUEM É VOCÊ, AQUI NO FÁBIO CAMPANA, NÃO TENHA VERGONHA NA CARA.

  34. bigan
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 21:33 hs

    Dr. Joaquim, isso tudo é realidade ou é roteiro de filme, seja la o que for é uma aventura emcionante isso é, parece que esse tipo de politico é o que infelizmente se da bem e ainda é aplaudido por muitos que acham que o Requião que é culpado por tudo a meleca que esse Rossoni e o Lerner fizeram no Paraná.

  35. J. A. REZZARDI
    sábado, 24 de janeiro de 2009 – 23:18 hs

    Palmas para o veterno Sylvio (agora, com a reforma ortográfica, Sylvio – com Y – passa a ser legítimo) Sebastiani pela resposta ao “Strasson”. Assim que deve ser: matar a cobra e mostrar o pau, às vezes, nem é preciso matar a cobra!

  36. Carlos Sehn
    domingo, 25 de janeiro de 2009 – 11:50 hs

    Nome pro filme ? Fácil.

    “A reencarnação de Benito Mussoline – Il ducci”

  37. Geraldo Medeiros
    segunda-feira, 26 de janeiro de 2009 – 16:16 hs

    A MORIBUNDA NA GRANJA

  38. terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 15:14 hs

    Fábio
    Sei que você está ligado nas verdades e nas mentiras de que acontece na política do Paraná. Mas nesse caso caro Fábio, você está repercutindo com uma grande mentira.
    Nunca, em momento algum, tive a idéia de fazer um filme sobre a vida do Governador Roberto Requião, se bem que é uma ótima idéia, e prometo que irei pensar no assunto.
    Mas quero que saiba que para fazer a série “a Saga” (por sinal foi tema de reportagem de sua Revista Idéias), tem sido uma verdadeira saga mesmo.
    Dediquei dez anos de minha vida a esse trabalho. Tempo esse, considerado pouco em comparação com “Álamo” do diretor John Wayne, que demorou mais de dez anos para rodar uma película de apenas duas horas.
    Quero que saiba que “a Saga” é um seriado de vinte capítulos, sendo uma hora cada capítulo e participaram até agora mais de 4 mil pessoas. Obra essa sem recurso algum de leis e incentivos, contando apenas com as prefeituras das dezessete cidades em que “A Saga” foi filmada.
    E a vida de Requião em cinema nunca foi se quer pensado por mim e muito menos com o detalhe de ter o João Arruda como ator. Mas quem inventou isso é sem dúvida uma pessoa criativa, porém não foi de boa intenção.
    Será que inventaram esse assunto porque estou na TV educativa?
    Acho, que não vejo outra possibilidade.

    Manaoos Aristides

  39. Geraldo Medeiros
    terça-feira, 27 de janeiro de 2009 – 15:32 hs

    A MORIBUNDA NA TV EDUCATIVA

  40. quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 – 18:19 hs

    Pow bicho… vão arrumar o que fazer!
    Vão ler um livro, comer uma pipoquinha…
    É impressionante a preocupação alheia com a vida do Manaoos ou com a vida do Governador.
    Vão julgar a si próprios, ou seja, olhar para o próprio r*** ao invés de ficar tentando cheirar o dos outros.
    Eu hein!?

  41. Alitheia Karla
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 – 20:54 hs

    É lamentável que ainda existam pessoas que questionem idéias a serem produzidas no cinema brasileiro, e pior ainda, no cinema paranaense que ao longo destes últimos anos está destacando-se.
    Cinema é arte, e arte precisa ser produzida pra somente “depois ” ser avaliada e criticada! O Manaoos é um excelente cineasta e seje qual for o roteiro que ele irá usar para fazer esse longa metragem, tenho certeza que será um sucesso!!!
    Não é à toa que os cineastas brasileiros quando destacam-se, abandonam os roteiros falando sobre o Brasil e seus temas regionais, pois como percebi nestes comentários, mal se tem uma idéia e já começam a criticar…um exemplo disto é Fernando Meirelles, que foi muito criticado e agora só recebe elogios…
    E agora vcs estão fazendo isto com Manaoos…Me poupem!!!

  42. Alexander Kutassy
    quarta-feira, 28 de janeiro de 2009 – 21:11 hs

    Conheço o Manaoos, portanto não sou daqueles que mastigam pipoca e falam ao mesmo tempo.
    Tem ele o reconhecimento do Requião pelos serviços competentes que presta como profissional que é, nada mais. Sei que a dedicação atual do Manaoos envolve um projeto musical ópera-rock que nada tem a ver com Requião. Se muito, busca o apôio de pessoas ou instituições, sejam públicas ou privadas, como qualquer outra iniciativa tem direito de pleitear e obter, como fonte oficial e declarada de recursos em apôio às artes. Fique, Fábio, de campana oferecendo o que for possível, de positivo, em favor de um dos poucos produtores realmente independentes com os quais o Paraná pode contar para impulsionar as artes da casa.

  43. Ricardo Thöni
    terça-feira, 10 de fevereiro de 2009 – 5:18 hs

    Fabuloso!!! Creio que teremos que colocar alguns dos comentaristas deste episódio para REZZARDI-NOVO, ajoelhados, pobres infelizes e mal amados, com certeza. A começar pelo Jeca Tatu, que figura explêndida por trás de um codinome engraçado como a própria personagem… O pangaré Geraldo “Mendeiroso” vive para andar manquitolando, mero desafortunado que é por suas convicções nada certeiras. O Bola Oito encaçapado pelo Chico100 medo de ser feliz, arrisca seus pitacos sem, também, saber exatamente o que está dizendo, pois com o raciocínio ausente de qualquer fundamento, aproveita o ensejo para dar corda aos outros coitados, “pessoas” que se sentem insatisfeitas com o brilho de “PESSOAS” fabulosas como o Manaoos e, sem dúvida, do nosso governador. E sendo assim, até um Ex-funcionário, provavelmente o salvador alienado da incendiada Joana Darc, que já em cinzas responde ao chamado dos menos afortunados intelectualmente e pede desesperadamente para o Mano da Vila dizer ao Sebastiani forçar para si mesmo a idéia de que não sofre de inveja por tudo o que o cerca, de uma vida atribulada por tanto sucesso! Daí vem o Aldo, que diz tata, tata, tata, tata, “tata cum tudo i nóis cum nádegas”, como pode?! E então, a Alice desse lá do país das maravilhas e entra no timinho pequeno da insensatez absoluta sobre tudo o que estão dizendo, gritando em tom de desespero: “Vamo genteeeee, vamo pixá os home porque precisamo de algo pra fazê…”

    Sinto imensamente por ter que ver tanta gente que nunca chegou aos pés do Sr. Manaoos Aristides, cidadão honesto e dono de uma capacidade indomável na arte que pratica, toda relacionada ao profissionalismo com que trata seu trabalho de uma vida na história da televisão brasileira, e quem diria, ainda falar do nosso ilustre governador, Roberto Requião. Sim, porque para chegar onde chegou, e chegou por tantas e tantas vezes e caminho, vocês devem ter razão, ele não é nada competente. Mas será que vocês não se vêem mais nos espelhos de suas próprias moradas, ou na falta de suas moradas, ao menos, olhando uns para os outros??? Que pena, é lastimável ter que fazer este tipo de papel, sabendo que existem tantas coisas mais importantes a serem feitas para que possamos progredir ao invés de regredir. Que triste! Por isso, deixo aqui o meu recado, que completa este pequeno texto em tom de chacota a esses que ficam perdendo seu precioso tempo, acreditando estarem contribuindo de alguma forma para que possamos viver num mundo melhor ou sei lá o quê! Vão catar coquinho, mas subam na árvore e se soltem lá de cima com os braços em torno da árvore, pouco ajustados em torno da mesma, para abrirem pequenos e inúmeros orifícios em suas cútis e deixarem, dessa forma, vasar todo este gás venenoso que vocês guardam dentro de si, e que realmente precisam dividir com alguém para que não acabem apodrecendo de vez.

    Aquele abraço!

  44. Carlos
    quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009 – 15:12 hs

    É impressionante como um ser humano é capaz de querer chamar a atenção para um blog publicando mentiras…. sem nem imaginar as consequências… mais impressionante ainda é a tremenda facilidade com que o ser humano acredita em tudo o que escrevem em qualquer canto… ….
    …gente, deixa eu falar, caiu um óvni aqui no meu quintal e eu estou criando os ET´s dentro do meu aquário… alguém quer ver?

  45. Denis Derkian
    segunda-feira, 24 de agosto de 2009 – 23:14 hs

    Caramba, tenho muito medo dos que muito falam e nada fazem.

  46. Carlos Vilas Boas
    quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011 – 12:16 hs

    Aos que engolem tudo o que sai por aí e tbm perdeu o comentário, reproduzo novamente as palavras do próprio criticado:
    **********************************************************************
    Fábio
    Sei que você está ligado nas verdades e nas mentiras de que acontece na política do Paraná. Mas nesse caso caro Fábio, você está repercutindo com uma grande mentira.
    Nunca, em momento algum, tive a idéia de fazer um filme sobre a vida do Governador Roberto Requião, se bem que é uma ótima idéia, e prometo que irei pensar no assunto.
    Mas quero que saiba que para fazer a série “a Saga” (por sinal foi tema de reportagem de sua Revista Idéias), tem sido uma verdadeira saga mesmo.
    Dediquei dez anos de minha vida a esse trabalho. Tempo esse, considerado pouco em comparação com “Álamo” do diretor John Wayne, que demorou mais de dez anos para rodar uma película de apenas duas horas.
    Quero que saiba que “a Saga” é um seriado de vinte capítulos, sendo uma hora cada capítulo e participaram até agora mais de 4 mil pessoas. Obra essa sem recurso algum de leis e incentivos, contando apenas com as prefeituras das dezessete cidades em que “A Saga” foi filmada.
    E a vida de Requião em cinema nunca foi se quer pensado por mim e muito menos com o detalhe de ter o João Arruda como ator. Mas quem inventou isso é sem dúvida uma pessoa criativa, porém não foi de boa intenção.
    Será que inventaram esse assunto porque estou na TV educativa?
    Acho, que não vejo outra possibilidade.

    Manaoos Aristides

Deixe seu comentário:

Campos obrigatórios estão marcados com *

*

*