Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

Leilão do Evangélico é remarcado para agosto

R$ 217 milhões é o valor para o leilão do Hospital Evangélico e a Faculdade de Medicina. A venda conjunta está projetada para manter 60% dos leitos atuais com atendimento ao SUS e de parte dos postos de trabalho.
Há quatro grupos interessados na compra do hospital e o leilão deve, finalmente, sair em agosto.
A situação do hospital hoje: R$ 320 milhões em dívidas trabalhistas, tributárias e bancárias; atendimento de 25 a 30 mil pacientes por mês, 95% pelo sistema público.

(Foto: Divulgação)

Segunda via do RG

Quem perdeu ou teve furtada ou roubada a carteira de identidade, que data de 2011 pra cá, pode tirar a segunda via pelo site do Instituto de Identificação do Paraná. O procedimento é simples: depois de fazer Boletim de Ocorrência, basta preencher os dados no site, pagar a guia de recolhimento e escolher local mais conveniente para retirar a carteira. Sem filas, sem dor de cabeça.

 

Richa e Cida Borgheti
já não se entendem

São tensas as relações entre o time de Beto Richa que deixou o governo e o de Cida Borgheti que assumiu. Há diferenças de estilo, de métodos e de programa. Inevitavelmente, o novo governo mexe com gente que estava bem postada na administração há quase oito anos.

As pendengas judiciais que colocam muita gente em suspense agravam a situação, pois Cida Borgheti afirma que não vai albergar ninguém que seja denunciado ou investigado em processo por improbidade.

Mais de mil novos agentes de cadeia

Cida Borghetti confirmou ontem, durante a quarta reunião de integração das forças de segurança do Paraná, a contratação de 1.156 novos profissionais para atuar como agentes de cadeia pública. O edital para a abertura do processo seletivo simplificado já está publicado no Diário Oficial.
O processo vai selecionar 982 homens e 174 mulheres. Do total de vagas, 221 são para a região de Curitiba e as demais serão divididas entre unidades do interior – Ponta Grossa, Guarapuava, Londrina, Cornélio Procópio, Maringá, Umuarama, Cascavel e Francisco Beltrão.
O secretário especial de Administração Penitenciária, coronel Élio de Oliveira Manoel, explicou que o processo seletivo vai liberar os policiais civis do trato diário com os presos das delegacias. “Os agentes de cadeia vêm para tirar os profissionais da Polícia Civil do cuidado diário com os presos e devolvê-los à atividade de Polícia Judiciária, fazendo com que tenham mais tempo para trabalhar nas investigações”.

(Foto: Orlando kissner/ANPr)

Ciro Gomes define Bolsonaro

De Ciro Gomes sobre Bolsonaro: “É um adversário menos difícil de enfrentar. Nunca administrou nem um boteco, é despreparado e candidato a ditador, mas sem representar grande ameaça, pelo extremismo.”

Criação de estatal para gestão de rodovias

Pré-candidato pelo PT ao governo do Paraná, Dr. Rosinha, em entrevista ao jornal Metro, deu uma boa notícia para quem gosta de ver o estado grande e abarrotado de companheiros. Perguntado sobre os pedágios, tratou de sua alternativa: “já que a estradas são públicas, elas podem voltar a ser públicas com valor reduzido e manutenção feita pelo estado. É uma boa saída, inclusive. O estado com uma empresa estatal pública que passa a fazer toda gestão da rodovias. Eu estudaria o processo de criação de uma estatal”.

(Foto: Reprodução/Facebook)

Reajuste de servidores: Lupion cobra coerência de Ratinho Jr

Na Assembleia Legislativa um enrosco entre Pedro Lupion, líder do governo, e Ratinho Jr e sua bancada.
Lupion tratou da questão que os servidores públicos estão a comentar: a mudança repentina de opinião a respeito do aumento para o funcionalismo. A falar da bancada de Ratinho, que passou a pedir correção de salários, mesmo que ano passado tenha votado a Lei de Diretrizes Orçamentárias com um artigo que não permite dar o aumento dos servidores, Lupion mandou: “Por que que agora pode? Qual que é a diferença? É a eleição que está chegando? É a vontade de agradar os servidores? O mínimo que a gente tem que ter como representante da população do Estado aqui é coerência. Não consigo entender que por causa da proximidade da eleição a gente esqueça o passado. Não tem a mínima condição de aceitar uma hipocrisia como essa”.

(Foto: Sandro Nascimento/Alep)

Mais verba para o transporte escolar

Lá de Brasília, durante encontro com a bancada federal do Paraná e prefeitos de todas as regiões do Estado, que participaram da Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, Cida Borghetti anunciou um reforço na verba destinada aos municípios para transporte escolar de estudantes da rede estadual de ensino. Serão mais R$ 20 milhões para engrossar o orçamento de 2018, que passou para R$ 118 milhões. Com a medida, cerca de 240 mil estudantes que dependem de ônibus e vans para chegar às escolas serão beneficiados.

(Foto: Jonas Oliveira/Governadoria)

Procura-se! Eduardo Azeredo é considerado foragido

Informa o Jornal Estado de Minas que dezenas de policiais civis estão à procura do ex-governador Eduardo Azeredo (PSDB) em vários endereços de Belo Horizonte desde as 6 horas da manhã de hoje.
“O mandado de prisão saiu ontem à noite, estamos fazendo diligências comuns para tentar localizá-lo, até porque a polícia tem que trabalhar com as duas hipóteses (ele se entregar ou não). Se ele não se entregar, temos que saber onde está para cumprirmos o mandado”, afirmou o delegado Carlos Capistrano.
Entre as equipes deslocadas para as diligências, há policiais caracterizados e à paisana.

Do outro lado do muro

O governo federal contratou Nina França para dar uma forcinha em sua comunicação eletrônica. A youtuber se chama na verdade Karine Cruvinel, que em 2016 compartilhou post da deputada Jandira Feghali sobre “governo golpista”.

Cada um com seu dinheiro

A bancada federal do MDB diz que apoia Henrique Meirelles na corrida presidencial se ele bancar as despesas.
O PR, que namora a possibilidade de lançar Josué Gomes para concorrer no mesmo cargo, se posicionou da mesma forma: não quer gastar um centavinho dos fundos eleitoral e partidário na aventura.

Daqui eu não saio, daqui ninguém me tira

Michel Temer mandou um “os incomodados que se retirem” para os companheiros de MDB que não quiserem apoiar a candidatura de Henrique Meirelles à Presidência da República. Eunício Oliveira, presidente do Senado, que é contra, devolveu com um “daqui eu não saio, daqui ninguém me tira”.
Entre as frases populares, Eunício deixou claro que estuda as próprias coligações (que envolvem o PT de Lula, e o PDT de Ciro Gomes) para tomar sua decisão.

(Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Líder de gastos em 2017, deputado já torrou R$ 196 mil este ano

Radar, VEJA

Campeão de gastos na Câmara em 2017, quando torrou R$ 2.080.728,66 da cota parlamentar (fonte: Ranking dos Políticos), Francisco Chapadinha (Podemos-PA) tem tudo para repetir o feito.

Só entre janeiro e maio deste ano, o nobre parlamentar já gastou R$ 196.302,23.

Da estonteante cifra, chama atenção a conta da divulgação parlamentar no mês de março, que atingiu R$ 109.400,00.

Cida e Alvaro

A governadora Cida Borghetti visitou o senador Alvaro Dias nesta terça-feira, 22, no Congresso Nacional em Brasília. Os dois conversaram sobre projetos para o novo ciclo de desenvolvimento do Paraná e Cida ouviu de Alvaro que articula pelo apoio de todos os candidatos no Estado em torno de sua pré-candidatura à presidente pelo Podemos. Falaram também do posicionamento dos progressistas nacionalmente.

Governo vai zerar Cide para reduzir preço do diesel

Em meio aos protestos de caminhoneiros que paralisaram estradas em todo o País, o governo anunciou nesta terça-feira, 22, um acordo com o Congresso para baixar o preço do óleo diesel. A solução apresentada foi zerar a cobrança da Cide (uma tarifa que incide sobre os combustíveis) para o óleo diesel, o que deve provocar uma perda de R$ 2,5 bilhões de receita para o governo. Em troca, os parlamentares aprovariam o projeto que acaba com a desoneração da folha de pagamento para alguns setores, o que renderia R$ 3 bilhões para os cofres públicos.

O problema é que, mesmo com esse anúncio, os caminhoneiros prometeram continuar as paralisações. A Associação Brasileira dos Caminhoneiros (Abcam), que coordena os protestos, diz que a solução apresentada não resolve o problema, já que a Cide representa apenas 1% dos 27% de peso que os tributos têm no preço do diesel. “Vai reduzir no máximo uns R$ 0,05 do litro do diesel”, disse a associação, em nota.

Os protestos foram motivados pelos sucessivos aumentos no preço dos combustíveis, fruto da nova política da Petrobrás de atrelar os valores do mercado interno às cotações internacionais do petróleo. Como a commodity está em alta (saiu de menos de US$ 50 o barril em julho do ano passado para cerca de US$ 80 agora), o diesel, assim como a gasolina, tem subido no mesmo ritmo. As informações são do Estadão.

Caminhoneiros bloqueiam a BR-116 na RM de Curitiba

Os caminhoneiros que protestam em várias rodovias bloquearam dois pontos da BR-116, no início da noite desta terça-feira (22), na Região Metropolitana de Curitiba.

Em Fazenda Rio Grande, no km 127, sentido Curitiba, os manifestantes queimaram pneus. O trânsito foi desviado pela marginal. A concessionária Arteris Planalto Sul faz a limpeza da pista para liberação.

Em Mandirituba o bloqueio aconteceu no km 152, também com queima de pneus. O tráfego foi desviado pela marginal sul. A Polícia Rodoviária Federal e a Militar estão no local, mas ainda não há informação sobre a liberação da rodovia.

Maritza Maira Haisi toma posse no Conselho da Polícia Civil do Paraná

A delegada Maritza Maira Haisi (na foto, de vermelho), chefe da Divisão Policial Especializada (DPE), tomou posse como nova integrante do Conselho da Polícia Civil do Paraná, na tarde deste terça-feira (22). A sessão teve início às 14 horas e contou com a presença de diversas autoridades.

O delegado-geral da Polícia Civil, Naylor Gustavo Robert de Lima, iniciou a sessão dando boas-vindas à nova conselheira e ressaltou o quanto é importante ter uma mulher compondo a mesa, que há alguns anos era composto apenas por homens. “Hoje as mulheres vêm ocupando, de forma merecida, excelentes cargos e mostram o quão forte são ao desempenhar seus trabalhos, nesse caso, na atividade policial”, completa.

Em seguida, o delegado-geral deu um espaço para que o presidente da Associação dos Delegados de Polícia (Adepol) do Estado do Paraná, Daniel Prestes Fagundes, também parabenizasse Maritza pela nova ocupação dentro da carreira policial.

Leia Mais »

No plenário da Câmara, Barros fala em favor dos caminhoneiros

O deputado federal Ricardo Barros fez uso da palavra nesta terça-feira, 22, no plenário da Câmara dos Deputados e declarou apoio aos caminhoneiros do Brasil. Barros destacou os prejuízos que o País está sofrendo. “Quero registrar a nossa preocupação com os caminhoneiros. As consequências da paralisação são muitas. O Paraná é o maior produtor de frangos do Brasil e os barracões já estão sofrendo com a falta de ração, assim como as embalagens que não chegam às indústrias de abate. O prejuízo é muito grande para a economia nacional. Vamos fazer um apelo para que possamos chegar, urgente, num bom termo para que possamos retomar a normalidade do país”.

Barros destacou a presença da governadora Cida Borghetti na Câmara dos Deputados, assim como a ida de cerca de 170 prefeitos paranaenses à Marcha de Prefeitos 2018.

Ministério Público denuncia Fernando Pimentel pela 4ª vez no STJ

O governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel, foi denunciado pela quarta-vez pela Procuradoria-Geral da República no Superior Tribunal de Justiça (STJ), com base nas investigações da Operação Acrônimo. O petista, desta vez, é acusado de cometer a infração prevista no artigo 350 do Código Penal – conhecida popularmente como caixa 2, relativo à campanha de 2014.

Relator da ação, o ministro Herman Benjamin notificou na última sexta-feira o petista e outros cinco acusados para que apresentem defesa prévia até a primeira semana de junho. Para que o processo prossiga, a denúncia deverá ser aceita pela Corte Especial do STJ. A denúncia foi distribuída em 30 de março deste ano, mas tramitava sob sigilo. Na sexta, Herman determinou que o processo se tornasse público. As informações são d’O Globo.