Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

Dossiê faz Meirelles
segurar MP das Aéreas

O ministro Henrique Meirelles (Fazenda) recebeu discos com 10 gigabytes de documentos e dados sobre a ilegalidade das medidas do governo Dilma autorizando a compra direta de passagens às empresas aéreas sem licitação, pagando com cartão corporativo e dispensando-as de tributos na fonte e das certidões legais. As aéreas são as únicas fornecedoras que não são multadas por irregularidade fiscal, porque trataram de incluir isso no edital que negociaram com a turma de Dilma. A informação é do colunista Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Órgãos de controle como AGU, Procuradoria da Fazenda Nacional, CGU etc pagaram passagens sem checar preços, nem exigir certidões. O governo federal pagou R$290 milhões em passagens, em 2017, por acreditar que os preços eram menores, sem fazer verificação externa. Cartão corporativo usado para pagar passagens, com CNPJ do Banco do Brasil, estimula pagamento a empresas com irregularidades fiscais. “Venda direta” é falácia, porque há a intermediação de uma empresa de tecnologia, Envision, que custa R$4,7 milhões por ano ao governo.

Três universidades aderem ao Meta-4 e governo alerta UEM e UEL


Mais três universidades estaduais cumpriram as determinações do Governo do Paraná e vão entrar no sistema Meta-4, que gerencia a folha de pagamento de todos os órgãos públicos do Estado. UEPG, Unioeste e Unicentro decidiram na sexta-feira (19) pelo encaminhamento de informações pendentes à Secretaria de Administração e Previdência.

Nesta segunda-feira (22), o secretário da Fazenda, Mauro Ricardo Costa, fez novo alerta aos reitores das universidades de Londrina (UEL) e de Maringá (UEM). Os gestores das duas escolas ainda resistem às determinações legais que exigem a adesão à plataforma. “Desde 2012 o Estado tem insistido sobre a necessidade de que elas incluam o pagamento dos servidores no Meta-4”, disse Mauro Ricardo.

Leia Mais »

Cida, Ricardo e Marcelo

E as conversas continuam. Depois do papo de Ricardo Barros com Traiano (PSDB), Cida Borghetti recebeu em seu gabinete Marcelo Richa (PSDB). O secretário de Esportes de Curitiba deve disputar uma das cadeiras da Assembleia Legislativa.

Alckmin vai bater ponto em Brasília

Painel, Folha de S. Paulo

Pré-candidato ao Planalto e presidente do PSDB, Geraldo Alckmin viajará uma vez por semana a Brasília até abril, quando deixa o governo paulista para entrar em campanha. As passagens pela capital serão usadas para alavancar conversas políticas e atrair aliados.

Calculadora – Para os tucanos, Alckmin deve usar os meses de janeiro a março para crescer nas pesquisas em São Paulo. Segundo as contas da direção do PSDB, se o governador subir 10 pontos em seu Estado, ele ganha quase 2,5 nacionalmente.

Denian: ‘Requião mente e bravateia’

Direto de Porto Alegre, no programa da Jovem Pan/RIC News desta segunda-feira, 22, o jornalista Denian Couto criticou o senador Roberto Requião (MDB-PR). O emedebista questionou a competência dos juízes TRF-4 que julgarão o ex-presidente Lula (PT) nesta quarta-feira, 24. Denian aponta que Requião está fazendo o que faz de melhor: mentir e causar bravata para defender Lula.

A perigo

Embora tenha realizado excelente trabalho até aqui, confirmado pelos dados de decréscimo da criminalidade, o secretário de Segurança Pública, Wagner Mesquita, corre o risco de ser substituído. A pressão política é grande. A do circuito interno do governo também. Uma lástima. Mesquita é delegado da Polícia Federal.

Não será hoje, garantem fontes palacianas. A decisão será tomada até amanhã.

Paulo Bernardo sai das trevas para conspirar nas sombras

José Pedriali

A última vez que se registrou sua aparição pública foi ao lado da companheira conjugal Gleisi Hoffmann, num museu em São Petersburgo (foto), em outubro passado. Estava magro, o rosto, outrora bochechudo, macilento, mais careca do que nunca e o que sobrara de cabelo, mais branco do que nunca. Envelheceu.

Paulo Bernardo evita aparições públicas desde o final do primeiro mandato de Dilma Rousseff, que não renovou sua permanência no comando do Ministério das Comunicações. Chefiou o Ministério do Planejamento Planejamento desde o segundo ano do primeiro mandato de Lula. Foi um homem poderoso, portanto.

Leia Mais »

Greca busca parceria com Emirados Árabes


O prefeito Rafael Greca reforçou o interesse de Curitiba fortalecer novas parcerias e acordos de cooperação econômica com os Emirados Árabes Unidos. “É muito importante que a diplomacia se faça no sentido econômico, uma vez que há interesse em atrair investimentos para Curitiba, sobremaneira nas áreas de energias renováveis e no mercado imobiliário, para promover a renovação urbana”, disse.

Na última semana, Greca recebeu a visita da embaixadora dos Emirados Árabes no Brasil, Hafsa Al Ulama, quando apresentou à diplomata vários projetos de inovação na capital, entre eles o Vale do Pinhão, o Farol do Saber Emílio de Menezes, o Cras Barigui e o Museu Oscar Niemeyer.

Leia Mais »

Lava-Jato fechou 2017 com
R$ 15 bilhões em multas

De forma silenciosa, a Operação Lava-Jato está conduzindo à integração segmentos da burocracia que antes se mostravam reticentes à colaboração mútua, como Receita Federal, Ministério Público, Polícia Federal, Banco Central e Conselho de Controle das Atividades Financeiras (Coaf). Resistências corporativas persistem — há situações em que até recrudesceram, como ocorre entre a Polícia Federal e o Ministério Público, envolvidos em controvérsias nos últimos tempos. No conjunto, porém, os avanços são perceptíveis. As informações são de José Casado n’O Globo.

Leia Mais »

Traiano recebe Ricardo Barros

As articulações políticas e conversas para 2018 animam este início de ano. O presidente da Assembleia, deputado Ademar Traiano (PSDB), recebeu na manhã desta segunda (22) o ministro da Saúde, Ricardo Barros (PP).

Cabeça do eleitor

Que Brasil teremos depois das eleições deste ano? É o que todos se perguntam e correm a consultar as pesquisas de opinião para saber quem está na frente: o emporcalhado Lula que chafurdou na Lava Jato ou o êmulo da direita, Jair Bolsonaro, oficial do Exército que virou político e promete o retorno aos princípios do regime fardado que nos relegou à situação que vivemos.

Tudo será decidido pelo voto e talvez seja mais aconselhável observar as pesquisas sobre o que pensam os brasileiros. Também é preciso levar em conta as trapaças permitidas pela Lei Eleitoral para pensar no futuro. Sabemos, desde já, que a maioria absoluta está enojada com a política, os políticos, as instituições republicanas.

Uma pesquisa inédita feita pela Ideia Big Data para o Brazil Institute do Wilson Center evidencia um descrédito da população brasileira no Congresso, a falta de interesse no Legislativo e expectativas de poucas mudanças nas eleições de novembro. O levantamento aponta que 72% dos eleitores escolheram temas relacionados à honestidade como prioridade na hora de votar em seus deputados e senadores.

Cavalo paraguaio

Eu não sou carismático, não sei contar piadas, não tenho frases de efeito. Então, sair de um patamar de 1% das intenções de voto para 7% ou 8% não é um caminho fácil […] quase não tive votos suficientes para me eleger deputado federal pelo Rio de Janeiro em 2014“.
(Rodrigo Maia, o nome preferido do DEM para disputar a Presidência da República, que ficou na 29ª posição em número de votos no Rio de Janeiro, conseguindo se eleger como deputado graças aos votos de sua coligação, puxada pelo PMDB).

(Foto: Agência Brasil)

Quem são os juízes de Lula?

Victor Laus, João Pedro Gebran Neto e Leandro Paulsen decidirão o futuro de Lula nesta semana. Mas quem são eles?
A BBC Brasil apurou um pouco da vida dos desembargadores.
Leia Mais »

Cronograma de vacinação contra febre amarela

Em Curitiba, as unidades de saúde terão dias específicos para a vacinação contra a febre amarela. Devem se vacinar pessoas de nove meses a 59 anos que nunca se vacinaram contra a febre amarela, principalmente aquelas que viajarão para São Paulo, Rio de Janeiro e Minais Gerais, lugares mais críticos a respeito da doença.
Para saber sobre o cronograma de vacinação, é bom dar uma olhadinha no site dia prefeitura.

Drogas no cartão

Cocaína, maconha e crack eram vendidos também no cartão de crédito ou débito, em ponto de drogas na Fazenda Rio Grande.
A lojinha foi descoberta pela Polícia Militar, que às 3 da madrugada fez batida, prendeu quatro traficantes e recolheu o material.
Daqui a pouco o crime organizado vai oferecer nota fiscal e CPF na nota.

(Foto: Divulgação/PM)

 

Neurônio safado

Dilma Rousseff: “Minha filha, quem é que não sabia quem era Aécio, pô? Fui presidente da República, você acha que não tenho uma avaliação do Aécio? Não sabia que ele era tão ladrão, mas que ele era superficial, irresponsável, playboy, inconsequente, e que a mídia o protegia, eu sabia. A irresponsabilidade desse rapaz é assustadora para o seu país, mostra que isso é a visão do playboy, que quer, sobretudo, usufruir da vida, não quer dar nada em troca”.

Augusto Nunes: “Dilma Rousseff, em entrevista ao jornal Zero Hora, atacando Aécio Neves com a credibilidade de quem chefiou o pior governo de todos os tempos, perdeu o emprego por pedalar com dinheiro do povo, virou caso de polícia, é analfabeta em vários idiomas — incluindo o português — e acha que o chefão do maior esquema corrupto da história é inocente“.

(Foto: Ivan Pacheco/VEJA)

Briga com Requião?

Carlos Moraes, o metido a galã e comunicador, que trabalhou como fiel porta voz de Requião na TV Educativa, será candidato a deputado federal.
Mas toda a dedicação ao ex-governador não resultou num acordo bacaninha para Moraes no pleito. Em vez de PMDB, ele vai tratar do assunto no PV. Ou será o contrário, todo o esforço em agradar o chefe resultou num belo acordo com o PV? Ninguém fala a respeito, mas há quem jure que o novo candidato e o grão-vizir do PMDB das araucárias tenham rompido.

Os ultrarricos do Brasil

O Brasil, que é apontado como um dos países mais desiguais do mundo, ganhou doze novos bilionários em 2017. No total são 43 ultrarricos, sendo que cinco deles têm riqueza igual à metade da população brasileira. E tem mais, os 10% mais pobres do país gastam 32% de sua renda em tributos e os 10% mais ricos gastam 21%.

 

O trabalho dos petistas

Enquanto boa parte dos brasileiros trabalha nesta manhã de segunda-feira e outra parte significativa corre atrás de classificados e agências de emprego para poder trabalhar, petistas se instalam na frente da sede administrativa da Globo, no Rio de Janeiro, para protestar contra a emissora.
Não que isso não seja um trabalho, tem gente que recebe uma graninha para fazer o papel, mas mesmo assim pega mal.
A foto é do site O Antagonista.

De volta às manchetes

Ideli Salvatti, que foi ministra de Dilma e quando sua presidente teve que remanejar a companheirada, lhe arrumou uma sinecura na Organização dos Estados Americanos (OEA), lá em Washington.
Pois, pois, semana passada Ideli estrelou nas manchetes como novo alvo da Lava Jato, coisa de repasse para sua campanha de 2010 ao governo de Santa Catarina em troca de favores políticos. Quem depurou foi o ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado.
Agora ela resolveu que vai aproveitar o palco petista montado em Porto Alegre para cantar a mesma música do coro dos companheiros: ‘sou inocente, cadê as provas?’.

(Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)