Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

A vaquinha virtual dos candidatos

Depois que foi dada a largada para o crowdfunding de campanha, aquele lance em que as pessoas podem fazer doações para seus pré-candidatos favoritos, poucos têm razões ou cifrões para comemorar. Alvaro Dias, por exemplo, estampa o terceiro lugar com R$ 1,8 mil; em segundo está Manuela D’Avila (PCdoB) com R$ 34,6 mil e na dianteira, João Amoêdo (Novo), que optou por não usar recursos dos fundos Eleitoral e Partidário, conseguiu até agora R$ 80,3 mil.

Serra na primeira instância

Vai despencar para a primeira instância inquéritos que envolvem José Serra que estão no STF. Ele é investigado por supostas irregularidades na época em que era governador de São Paulo.

(Foto: Reprodução/Sérgio Lima/Poder360)

 

Brasil não reconhece resultado das eleições na Venezuela

Nicolás Maduro foi declarado vencedor das eleições na Venezuela neste final de semana, o Brasil considera que a votação não ocorreu “em conformidade com os padrões internacionais de um processo democrático, livre, justo e transparente”. Acompanham o governo brasileiro, Argentina, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Guatemala, Guiana, Honduras, México, Panamá, Paraguai, Peru e Santa Lúcia em documento assinado pelas autoridades dos países em que manifestam “não reconhecem a legitimidade do processo eleitoral que teve lugar na República Bolivariana da Venezuela, concluído em 20 de maio passado, por não estar em conformidade com os padrões internacionais de um processo democrático, livre, justo e transparente”.

(Foto: Twitter)

No STJ: animal doméstico faz parte do núcleo familiar?

Está na pauta do Superior Tribunal de Justiça questão para definir qual é o lugar de um animal doméstico no momento da separação de um casal. Até hoje, os bichos têm status de objeto e entram nas discussões de divórcio como tal: quem ficará com esta parte do patrimônio. Se o STJ entender diferente eles passarão a fazer parte do núcleo familiar e com isso, ex-casais poderão dividir a guarda, visitas e sustento.
Em alguns tribunais o assunto já está sendo discutido nas varas de família.

(Foto: Reprodução/Alan Marques/Folhapress)

Caminhoneiros bloqueiam rodovias do Paraná

Foi estipulada pela Justiça Federal multa de R$ 100 mil por hora caso os caminhoneiros resolvessem desobedecer a ordem e fazer bloqueios totais de rodovias. No Paraná há alguns bloqueios, outros já se dissiparam, nenhum de forma total.
A manifestação é resumida como um protesto contra o aumento do preço dos combustíveis, mas o negócio vai além, caminhoneiros querem redução da carga tributária sobre o diesel: zeragem da alíquota de PIS/Pasep e Cofins e a isenção da Cide (Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico).
As paralisações começaram hoje às 6 horas da manhã e têm previsão de três dias, no Paraná estão sendo organizadas por várias entidades como Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA), Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens no Estado do Paraná (Sindicam) e Sindicato dos Transportadores Autônomos de Cargas de São José dos Pinhais.

(Foto: Reprodução/Twitter)

“Alô candidato! Qual é o nome do seu economista?”

“Alô candidato! Qual é o nome do seu economista???” Assim está estampada a chamada para a divulgação de um vídeo em que Alvaro Dias trata do tema.
Dias resolveu ir na onda do “empoderamento” feminino e citar as donas de casa como especialistas para economia do país “especialmente quando ela tem que usar o salário mínimo”. Resolveu deixar de lado a citação de um nome como responsável pelo assunto em sua pré-campanha porque “idealizaram um paradigma: candidato tem que ter um economista e tem que anunciar quem é o seu economista na campanha eleitoral, nós já conhecemos este filme e sabemos qual é a reação da plateia em relação à sua exibição” e dividiu com a população a responsabilidade da ciência: “não temos um economista, temos muitos economistas”.

(Foto: Divulgação)

A ideologia de Magno Malta

Terra Brasilis: Magno Malta, o senador do PR do Espírito Santo que puxa fôlego para tratar das críticas contra a esquerda, é um dos nomes cotados para ser vice de Jair Bolsonaro.
É interessante dar uma olhada na trajetória de sua campanha de 2011: se elegeu com apoio de 16 partidos, entre eles o próprio PT e seu suplente foi indicado pelo PDT de Ciro Gomes.
Malta tem, como se diz por aí, uma ideologia eclética, que pende para um lado e para outro conforme o vento.

MDB, PT e PSDB terão R$ 850 milhões de fundos para campanha

Há décadas acostumados a arrecadar dinheiro com empresas em campanhas eleitorais, os partidos e os políticos terão de se adaptar, neste ano, a um caixa limitado, porém público, para atrair votos. Levantamento com base na legislação eleitoral detalha como serão divididos os R$ 2,3 bilhões que sustentarão pré-candidatos a deputados estaduais e federais, senador, governador e presidente. As informações são de Jeferson Ribeiro n’O Globo.

Apesar da cobrança por renovação na política, a divisão do bolo mantém as legendas dominantes no topo. MDB, PT e PSDB terão acesso à maior parte do dinheiro: somados, atingem a cifra de R$ 850 milhões, mais de um terço do total, o que deve ajudá-los a eleger as maiores bancadas do Congresso. Como agora há limites, as siglas tendem a destinar mais dinheiro para a reeleição dos parlamentares, outro fator que dificulta um arejamento político. Partidos nanicos ficam com fatias minúsculas. É o caso do PSL, do pré-candidato à Presidência Jair Bolsonaro, que terá cerca de R$ 10 milhões à disposição.

Leia Mais »

80% dos universitários não sabem o que farão profissionalmente

Oito em dez universitários brasileiros não sabem o que fazer profissionalmente, como se capacitar para o mercado nem se sentem preparados para uma entrevista de emprego. Em contrapartida, os processos de seleção de empresas deixam de preencher vagas ou baixam a exigência por não encontrar nos jovens as habilidades necessárias, como comunicação, conexões e liderança. As informações são de Nonato Viegas na Época.

Os dados foram levantados por uma pesquisa com mais de 1,5 mil jovens universitários de instituições públicas e privadas em todo o país pelo CMOV, plataforma online especializada em Recursos Humanos.

Agronegócio avança
em novos mercados

Editorial, Estadão

Além de assegurar o abastecimento interno regular de alimentos, ajudando a conter as pressões inflacionárias, o agronegócio tem sido o principal sustentáculo da exportação brasileira, sendo responsável pela obtenção de robustos superávits na balança comercial nos últimos anos. Segundo dados divulgados pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), as vendas externas de produtos agrícolas e pecuários somaram US$ 1,23 trilhão entre 1997 e 2017. No ano passado, as exportações do setor foram de US$ 96 bilhões, 13% mais que no ano anterior. Em 2018 continuam em alta, respondendo por 44,8% do total até abril.

Leia Mais »

Cida determina apoio imediato aos moradores de Teixeira Soares

Ainda neste sábado, 19, a governadora Cida Borghetti determinou o envio de dois caminhões com ajuda humanitária do Governo do Paraná para o município de Teixera Soares, atingido por forte temporal na noite de sexta-feira, 18. Os caminhões seguiram com materiais para apoio à população mais vulnerável. Assim que cessou o temporal, a governadora Cida determinou o imediato apoio da Defesa Civil estadual que desencadeou uma grande mobilização para auxiliar a população atingida.

Com 10 mil habitantes, a cidade teve cerca de 1.800 pessoas afetadas pelo desastre e 450 residências com telhados danificados, além do hospital municipal, posto de saúde central, a Casa Lar, o Centro de Referência de Assistência Social (CRAS), o Centro de Eventos e a prefeitura.

Leia Mais »

Estudo de Luiz Fernando Pereira baliza tese de elegibilidade de Lula

Painel, Folha de S. Paulo

Diante das informações de que ministros do TSE buscam uma forma de rejeitar a inscrição de Lula na corrida presidencial de ofício, sem dar margem para discussão, a direção do PT começou a levantar casos de candidatos que disputaram eleições com registros indeferidos e depois, escolhidos pelo voto, reverteram a inelegibilidade. O estudo, conduzido pelo advogado Luiz Fernando Pereira, usa dados a partir de 2002 e vai sustentar a ofensiva retórica do partido nas ruas e nos tribunais.

O PT sabe que será difícil encontrar apoio à causa, especialmente porque o ministro Luiz Fux, que estará no comando do Tribunal Superior Eleitoral em agosto, quando haverá o registro de candidaturas, já deu declarações que indicam posição contrária à inscrição de Lula.

Pereira sustenta tese segundo a qual o que existe hoje em relação ao ex-presidente é uma inelegibilidade provisória. Com base no material colhido pelo advogado, o partido produzirá campanhas com o mote “Lula será exceção à regra?”.

Desemprego cresce e já atinge quase um terço dos jovens brasileiros

Desde o início de 2016, a desocupação entre os brasileiros de 18 a 24 anos não fica abaixo da casa dos 24%. E, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) Contínua, do IBGE, essa taxa vem até aumentando: passou de 25% no final de 2017 para 28,1% no primeiro trimestre deste ano. Com a recuperação tímida da economia, o desemprego ainda resiste e deixa marcas nos “filhos da crise” – a geração que chegou ao mercado quando as oportunidades de trabalho tinham sumido. As informações são de Douglas Gravas no Estadão.

No fim do ano passado, eram 4 milhões os jovens em todo o País que estavam sem uma ocupação. O número de ocupados como informais também cresceu mais entre esses brasileiros do que nas demais faixas etárias nos anos recentes, de acordo com análise da consultoria LCA a partir dos dados da Pnad.

Leia Mais »

Cida repassa mais R$ 74,5 milhões para obras em 106 cidades

A governadora do Paraná Cida Borghetti recebe nesta segunda prefeitos de 106 cidades de todas as regiões do Estado. Serão assinados convênios para repassar R$ 74,5 milhões para pavimentação, compra de equipamentos e obras de infraestrutura urbana e rural. O evento está marcado para 9h30 no Palácio Iguaçu.

Em pouco mais de 40 dias, a governadora Cida Borghetti autorizou o repasse de cerca de R$ 300 milhões para os municípios paranaenses.

Mobilização pela democracia

Editorial, Estadão

A indefinição da campanha eleitoral dá margem a todo tipo de especulação sobre o próximo governo, mas uma coisa é certa: será desastroso para o País se o presidente eleito for um dos que hoje protagonizam a polarização raivosa entre esquerda e direita – e não só em razão das ideologias deletérias que os caracterizam, mas principalmente pelo fato de que fundamentalistas em geral não têm a menor disposição de entabular qualquer forma de diálogo no Congresso. E, sem decidido apoio no Congresso, presidente algum conduzirá o País pelo caminho das reformas e da austeridade.

Leia Mais »

Um Senado comprometido

Quase 70% dos senadores estão sendo investigados pela Justiça. As acusações vão do recebimento de propina à violência contra mulheres. É o exemplo mais bem acabado da falência política.

Tábata Viapiana, IstoÉ

O quadro é desalentador. O Senado brasileiro virou a síntese da decadência da política. Levantamento feito por ISTOÉ revela que 69% dos 81 senadores possuem alguma pendência judicial. Os números mostram que 56 estão encrencados com a Justiça. Os crimes envolvendo os parlamentares da Câmara Alta são de fazer inveja aos ocupantes de qualquer penitenciária brasileira. Há casos de violência contra a mulher, ocultação de bens, peculato, crimes contra a fé pública, ocupação ilegal de apartamentos funcionais, crimes eleitorais, enriquecimento ilícito, corrupção, lavagem de dinheiro, além de muitos inquéritos derivados das delações premiadas da Odebrecht. O delito preferido dos senadores, no entanto, é a corrupção ou atos de improbidade administrativa: 49 deles respondem por crimes dessa natureza. A maioria, no entanto, se esconde atrás do foro privilegiado e os processos abertos para que possam ser julgados e condenados caminham a passos de cágado.

Leia Mais »

Imposto é o maior obstáculo para economia brasileira

Uma das cargas tributárias mais elevadas do mundo e um sistema complexo de pagamento de impostos são os principais entraves para que o Brasil tenha um ambiente de negócios favorável ao crescimento econômico. Isso é o que mostra um estudo dos economistas Marcelo Curado e Thiago Curado dentro da série “Desafios da Nação” preparada pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). As informações são de Marth Beck n’O Globo.

Com base em um conjunto de fatores apontados pelo Banco Mundial como importantes para assegurar um bom ambiente de negócios (incluindo tempo para a abertura de empresas, custo para exportar, carga tributária e obtenção de alvarás), os especialistas definiram um indicador para medir a distância que os países estão das melhores práticas internacionais.

Leia Mais »

Prefeitos do Paraná vão a Brasília com pauta municipalista

Mais de 162 prefeitos paranaenses, entre 350 representantes, confirmarm presença entre os dias 21 e 24 na XXI Marcha a Brasília em Defesa dos Municípios, encontro promovido pela CNM (Confederação Nacional de Municípios) com o apoio da AMP (Associação dos Municípios do Paraná). No total, a XXI Marcha deve reunir cinco mil participantes.

Um dos pontos altos do encontro será a reunião dos prefeitos do Paraná com os deputados federais e a governadora Cida Borghetti, no dia 22 (terça-feira), às 20h30, no Espaço de Eventos Porto Vitória. Nele, o presidente da AMP e prefeito de Coronel Vivida, Frank Schiavini, vai entregar a pauta municipalista às autoridades.

Leia Mais »

Progressistas aceleram candidatura de Cida ao Governo

Os Progressistas vivem em clima de campanha eleitoral. Reuniram na manhã deste sábado (19), em Colombo, prefeitos, pré-candidatos, lideranças e filiados de Curitiba e de cidades da parte Norte da Região Metropolitana para traçar estratégias para as eleições de outubro. A legenda já confirmou a pré-candidatura de Cida Borghetti ao Governo do Estado e organiza candidatos fortes para disputar cadeiras na Assembleia e na Câmara Federal.

O deputado federal e tesoureiro nacional do partido, Ricardo Barros, anunciou a Convenção Estadual da legenda para o fim do mês, dia 28 de maio. “Faremos a Convenção e a partir daí iniciaremos a construção das coordenações regionais das campanhas”, disse Ricardo, que também é candidato ao sexto mandato de deputado federal.

Segundo Barros, a governadora Cida Borghetti está dedicada e empenhada com as agendas e compromissos governamentais. Somente nesta semana ela esteve em cinco regiões do Estado.

Leia Mais »