Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

Bolsonaro é “mais íntegro” do que tucanos, afirma Ciro Gomes

do Estadão

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-DF) é “mais íntegro” do que as lideranças tucanas neste momento, segundo o ex-ministro e ex-governador Ciro Gomes (PDT-CE). Em entrevista ao programa Canal Livre, da TV Bandeirantes, exibida na madrugada desta segunda-feira, 23, o presidenciável fez duras críticas ao senador Aécio Neves (PSDB-MG) e ao prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), a quem chamou de “prefake”, ou “prefeito falso”.

Ciro passou a falar do PSDB quando fazia uma avaliação sobre Bolsonaro, seu provável adversário nas eleições presidenciais de 2018. De acordo com o pedetista, o fato de o deputado fluminense aparecer em segundo lugar nas pesquisas, com até 17% dos votos, é reflexo da “indignação justíssima de uma fração enorme do povo brasileiro com a política tradicional” e da “crença de que uma autoridade forte, um machão, um exagerado” seria necessário para dar rumos ao País.

Leia Mais »

Governo quer retaliar aliados que não votarem contra denúncia

Estadão

O governo está disposto a retaliar os deputados da base aliada que não apoiarem o presidente Michel Temer na votação da segunda denúncia contra ele, marcada para quarta-feira, no plenário da Câmara. Em reunião realizada na noite deste domingo, 22, com Temer, no Palácio da Alvorada, ministros e líderes governistas avaliaram que a votação representará o mais importante teste de fidelidade da base e servirá para medir com quem o Palácio do Planalto pode ou não contar de agora em diante

Embora a ameaça não esteja sendo feita publicamente, auxiliares de Temer afirmam que os infieis perderão cargos no governo, o que pode levar à necessidade de uma reforma ministerial. O diagnóstico é que a pressão do Palácio do Planalto servirá para parlamentares indecisos reavaliarem posições, porque os partidos não vão querer perder postos estratégicos às vésperas de um ano eleitoral.

Leia Mais »

PF conclui que Pimentel usou empresas de fachada para financiar campanha

O Globo

Ao concluir pelo indiciamento de oito investigados em uma das frentes da Operação Acrônimo, a Polícia Federal (PF) aponta que o círculo mais próximo do governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT), incluindo sua mulher, Carolina de Oliveira, atuou para obter vantagens indevidas ao petista e doações para sua campanha eleitoral em 2014 fora da contabilidade oficial. Ao todo, as práticas criminosas do grupo, descritas no novo relatório da PF, concluído em 21 de setembro, resultaram em repasses de mais de R$ 6 milhões — R$ 3,2 milhões teriam sido direcionados a Pimentel por meio de empresas de fachada; outros R$ 2,8 milhões, pela consultoria da primeira-dama de Minas.

Leia Mais »

Nem as Forças Armadas
escapam da corrupção

do Bem Paraná, com informações do UOL

Em setembro deste ano, o general do Exército Hamilton Mourão provocou um verdadeiro rebuliço ao afirmar que os militares estariam dispostos a executar uma intervenção para “resolver o problema político” do país, numa alusão aos casos de corrupção.

O discurso de Mourão fez com que viesse à tona a existência de um grande apoio popular a uma proposta de intervenção militar, principalmente diante da crena de que os milicos seria “imunes” à corrupção. A realidade, porém, não é bem assim.

Segundo reportagem do portal UOL produzida pelo jornalista Leandro Prazeres, as Forças Armadas estão longe de ser uma ilha de idoneidade em meio ao caos institucional que assola o país. É que a corrupção também marca presença nos quartéis pelo país.

Denúncias feitas pelo Ministério Público Militar (MPM) apontam desvios milionários praticados tanto por praças como por oficiais de alta patente. Os casos, que vão desde cobrança de propina em contratos de roubo a peças de tanques militares, revelam desvios acima de R$ 191 milhões somente entre 2014 e 2017.

Leia Mais »

Delação de Palocci empaca na PGR

Lauro Jardim, O Globo

As negociações para a delação de Antonio Palocci seguem de vento em popa com a força-tarefa em Curitiba. Mas, em Brasília, com a PGR de Raquel Dodge, ainda não foram retomadas.

Tucanos querem Aécio fora

O comando do PSDB cita levantamento em que a maioria dos seus deputados quer o afastamento imediato do senador Aécio Neves (MG) da sua presidência nacional. Eles alegam que “é preciso virar a página”. O movimento contra Aécio parece inspirado pelo Palácio dos Bandeirantes, que ainda teme a influência do senador para fazer do prefeito João Dória candidato do PSDB a presidente, em 2018. A informação é da Coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

As denúncias de corrupção afastaram Aécio da presidência do PSDB, e seu substituto será eleito em 40 dias, na convenção do partido.

Leia Mais »

Mais 28,6 mil empregos no Paraná


O governador Beto Richa destacou nesta sexta-feira, 20, a criação de um saldo positivo de 28.623 empregos com carteira assinada de janeiro a setembro deste ano no Paraná. Os dados do Caged/Ministério do Trabalho apontam para o melhor resultado dos últimos três anos. Em 2016, no mesmo período, o saldo estava negativo em 20.726 empregos.

Em 2015, o saldo negativo foi de 14.406 vagas no período. “Os dados mostram que acertamos no ajuste fiscal e junto com o setor produtivo retomamos os investimentos em obras, na produção e na prestação de serviços, o que garante mais empregos aos paranaenses, fortalece e mantém um crescimento econômico e social acima dos demais estados brasileiros”, disse Richa.

Leia Mais »

Papa quer o clero contra a corrupção

O papa Francisco fez uma defesa da necessidade da união do clero no Brasil diante da “escandalosa corrupção” ocorrida no país. As declarações do líder da Igreja Católica foram dadas neste sábado (21), por ocasião do encontro com a comunidade do Pontifício Colégio Pio Brasileiro de Roma.

Na segunda ocasião em que fala sobre a temática em menos de três meses, Francisco disse ainda que a situação do país exige do clero a demonstração de união, fraternidade e solidariedade aos brasileiros.

“Neste momento difícil de sua história nacional, quando tantas pessoas parecem perder a esperança em um futuro melhor devido aos enormes problemas sociais e à corrupção escandalosa, o Brasil precisa que seus sacerdotes sejam um sinal de esperança. Os brasileiros precisam ver um clero unido, fraterno e unido em que os sacerdotes são confrontados com obstáculos, sem ceder às tentações de protagonismo ou carreira. Tenha cuidado com isso!”, disse o pontífice.

Leia Mais »

Qual é o verdadeiro Palozi?

Afinal, qual é o Palozi pra valer? O que faz oposição ao governo Beto Richa na Assembleia Legislativa, ou o que sobe aos palanques de Beto Richa na inauguração de obras para dar uma faturada em cima do governo e enganar os eleitores?

Na sexta feira, depois de uma semana rugindo como leão na Assembleia, a dizer que o governo não faz obras, virou gato manso, esgueirou-se e subiu no palanque de Richa em Palotina. Cumprimentou o governador como se fossem amigos de infância. cheio de salamaleques. Para que? Ora, pois, Palozi foi participar da inauguração de obra, uma daquelas que ele diz que não existem. Acenou para o público, abriu sorrisos, enfim, tudo para dar uma faturadinha.

Na foto, o Palozi na condição de Dr. Jekil. Só falta agora ele aparecer de Mr. Hyde na Assembleia para criticar a obra.

Fora Temer, quem mais
os petistas odeiam?

Por Eduardo Affonso

Compartilho com os petistas uma profunda antipatia por Eunício Oliveira. Só que eles o achavam simpaticíssimo quando era ministro das Comunicações de Lula

Pois é. Eles dizem que o governo de Temer é ilegítimo, inconstitucional, fisiológico, entreguista, feio, bobo, golpista etc.

Compactuo com o horror que os petistas têm ao Temer, ao seu governo, aos seus ministros. Acho que ele deve ser julgado, cassado e enviado para a Papuda.
Com a ressalva de que eu não votei no Temer. Eles, sim. O Temer me caiu de paraquedas, me foi enfiado goela abaixo. Os petistas, ao contrário, escolheram-no. E não uma vez só, mas duas.

Aceitei o Temer como quem aceita uma injeção de Benzetacil. Não queria, não gostava, era horrível – mas era isso ou uma infecção generalizada. Respirei fundo, prendi o choro, xinguei a mãe do moço da farmácia e toquei o barco.
Como os petistas, não suporto olhar para a cara do Edison Lobão, nobre presidente da Comissão de Constituição e Justiça do Senado.

Mas, ao contrário dos petistas, eu também não o suportava quando ele era Ministro de Minas e Energia de Lula e de Dilma.

Leia Mais »

Decreto converte multa ambiental
em prestação de serviços

O presidente da República, Michel Temer, assinou na sexta-feira um decreto que permite a conversão de multas ambientais não quitadas em prestação de serviços de melhoria do meio ambiente, como o reflorestamento de áreas degradadas.

A medida autoriza que mais de R$ 4 bilhões em multas aplicadas por órgãos federais como o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) sejam convertidas em investimentos ambientais.
Ao detalhar a medida, o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, destacou que as dificuldades no recolhimento das multas ambientais geram um passivo financeiro e uma sensação de impunidade, anulando o poder dissuasório e os benefícios ambientais.

Leia Mais »

O voto ‘BolsoLula’: eleitores de Lula indicam Bolsonaro como opção

Uma combinação ideologicamente improvável foi identificada pelo Datafolha, que divulgou no início do mês mais uma pesquisa de intenção de voto para a eleição presidencial de 2018: o voto “Lulanaro” ou “BolsoLula” — o eleitor de Lula que votaria em Bolsonaro e vice-versa.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) lidera em todos os cenários apresentados pela pesquisa, com até 36%. Nas simulações em que ele não aparece, 6% dos seus apoiadores afirmam que escolheriam o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC-RJ). No sentido contrário, a migração é maior: até 13% dos eleitores que votariam no parlamentar (sem Lula na disputa) responderam que apoiariam o petista caso ele estivesse no páreo. As informações são d’O Globo.

Leia Mais »

Candidatura de Luciano Huck entusiasma mercado

Painel, Folha de S. Paulo

Uma eventual candidatura de Luciano Huck ao Planalto saiu do anedotário. Na última semana, o apresentador tornou-se assunto central em conversas de grandes investidores e analistas do mercado. Ele é visto como a alternativa mais palatável entre os outsiders. Representaria o pensamento liberal para a economia, sem conservadorismo nos costumes. No mundo político, movimento semelhante. Pesquisas que chegaram a ele e a partidos indicam forte potencial de voto no Nordeste.

O apresentador tem feito uma série de reuniões reservadas com alguns dos mais influentes empresários e economistas do país. Sempre ouve mais do que fala. Não evidencia intenção de ser candidato, mas diz que quer conhecer projetos para o país. Armínio Fraga faz às vezes de cicerone.

Leia Mais »

Redução da maioridade penal

A redução da maioridade penal e suas consequências serão debatidas em audiência pública interativa da Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) nesta terça-feira (24), às 14:30. A iniciativa do debate é do senador Paulo Paim (PT-RS).
A audiência pública será realizada em caráter interativo, com a possibilidade de participação popular. Quem tiver interesse de mandar comentários ou perguntas pode fazê-lo por meio do Portal e-Cidadania e da central de atendimento Alô Senado, através do número 0800 61 2211.
Leia Mais »

Dialogar é preciso

Por João Manuel Simões,

Começo por equacionar, de modo heterodoxo, um parêntese com uma afirmação singela, até certo ponto acaciana: o Brasil está vivendo, no território da contemporaneidade, uma crise sem precedentes. Uma crise que, à maneira da pretérita política geiseliana, é ampla, geral e irrestrita. Ela semelha, em termos metafóricos, um polvo gigante, cujos três tentáculos preponderantes são sem dúvida a Política, a Economia e a Ética. E eu utilizo as maiúsculas para melhor enfatizar a sua importância.
Ouso afirmar, hic et nunc, que nessa triplicidade notória a política é por certo a mais significativa. Até porque o homem, o cidadão, é por excelência um animal político. Embora eu tenha que admitir a contragosto, que, no caso, o substantivo parece às vezes exorcismar o adjetivo…
Leia mais

Cida Borghetti e o compromisso do Estado com a infância

A vice-governadora, Cida Borghetti, destacou as ações do Estado na proteção das crianças nesta sexta-feira (20) durante inauguração da Unidade da Mulher e da Criança, em Campo Largo, região metropolitana de Curitiba.

Segundo Cida Borghetti, a rede Mãe Paranaense e o programa Família Paranaense são iniciativa que garantem saúde e desenvolvimento das mães e das crianças, em especial durante a primeira infância.

Leia Mais »

Tempos difíceis

Nunca passamos por uma crise tão longa. Nunca a desesperança foi tão profunda. E depois de três anos continuados de recessão e desemprego, não há luz no fim do túnel. Caiu ao rés do chão o otimismo quanto às perspectivas do desenvolvimento brasileiro. Já não somos o país do futuro. Ninguém mais nos respeita como um dos emergentes. Voltamos à condição de republiqueta de corruptos e salafrários, como se vê nas manchetes dos grandes jornais do mundo.

Em todas as faixas sociais há insatisfação. Inclusive onde os governos petistas mais se apoiavam. Foi pelo ralo a crença no que se considerava uma das conquistas mais preciosas deste início de século – a redução expressiva da vergonhosa desigualdade social do país. A afirmação, tão cara às administrações petistas, de que a distância entre ricos e pobres encurtou no período da expansão acelerada da economia e dos programas de assistência social. É preciso esclarecer do que se está falando. Não resta dúvida de que os ganhos de todos os estratos aumentaram nos anos de bonança. Entretanto acreditava-se que a base da pirâmide social, e não o topo, havia se apropriado da maior parte da renda gerada.
Leia Mais »

Geddel, o Chorão

Você conhece Geddel Vieira Lima? Aquele do apartamento com caixas e malas de dinheiro. O mesmo que chorou durante audiência de custódia. O que foi um dos anões do orçamento e que foi ministro da Integração Nacional de Lula, vice-presidente da Caixa Econômica Federal na gestão de Dilma e ministro de Governo de Temer.
Conheça um pouco da ficha do homem que Raquel Dodge considera como quem ‘parece’ ter assumido a posição de líder de uma organização criminosa.
Leia mais

MP pede internação provisória de garoto que matou colegas em Goiânia

O promotor Cássio Sousa Lima, da vara criminal do Ministério Público em Goiânia, pediu neste sábado, 21, a internação provisória, por 45 dias, do adolescente que matou dois colegas de classe a tiros no Colégio Goyases, na sexta-feira, 20, em Goiânia. Esse é o prazo estimado para a conclusão do processo e a decisão da justiça.

Ele confirmou que já encaminhou o pedido à Vara da Infância e Juventude, após ouvir na tarde deste sábado o adolescente de 14 anos, acompanhado do pai, oficial da PM, e da advogada.

Um juiz deverá convocar o garoto para depor na segunda ou na terça-feira e então tomar uma decisão provisória. Só ao fim do processo, vira uma decisão definitiva. A internação máxima de acordo com o Estatuto da Criança e do Adolescente é de três anos. As informações são do Estadão.

Leia Mais »