TSE permite propaganda do governo na campanha

unnamed

O governo conseguiu autorização do TSE para veicular propagandas durante a campanha eleitoral relacionadas à prevenção de gripe e de combate ao HPV, à Central de Atendimento à Mulher, ao Dia do Soldado e à divulgação de concursos públicos para ingresso em estabelecimentos de ensino do Exército. As informações são do Valor Econômico.

A decisão é do ministro José Antonio Dias Toffoli, atual presidente do TSE, ex-ministro da Advocacia-Geral da União (AGU) no governo do ex-presidente Lula e ex-advogado do PT. As consultas foram apresentadas pela Secretaria de Comunicação Social e pelo Exército.

Leia Mais »

A piada virou contra o piadista

Acostumado a fazer piadas para detratar adversários ou constranger pessoas, do tipo “já traiu o marido?”, o senador Roberto Requião (PMDB) se deu mal desta vez na Rádio Paiquerê. Ouça o audio.

“Vamos manter o Paraná no rumo certo”, diz Cida

unnamed

A candidata à vice-governadora na chapa de Beto Richa, a deputada Cida Borghetti, destacou na noite desta terça-feira (22), durante encontro com prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba e litoral paranaense, que o Paraná segue no rumo do crescimento e desenvolvimento devido ao trabalho em conjunto entre o governo estadual e as prefeituras municipais.

“Conheço a enorme responsabilidade dos prefeitos e por isso temos nos unir para manter o Paraná no rumo certo, com um governo estadual municipalista, que valoriza o diálogo e o trabalho em conjunto para estruturar os municípios e criar projetos e ações que ofereçam oportunidades para o desenvolvimento pessoal, profissional e social dos paranaenses”, disse Cida Borghetti.

Leia Mais »

Beto Richa recebe apoio de mais 29 prefeitos da RMC e do Litoral do PR

unnamed

O governador Beto Richa (PSDB) recebeu o apoio de 29 prefeitos da Região Metropolitana de Curitiba (RMC) e do Litoral durante encontro na noite desta terça-feira (23), em Curitiba. Os prefeitos representam uma população de 1,4 milhão de habitantes. O PSDB vai contar com o apoio de mais de 300 prefeitos paranaenses nestas eleições. “Fico muito agradecido e consciente da responsabilidade que tenho com essas importantes regiões. O apoio de todos vocês é muito importante para fortalecer nosso projeto de governo”, afirmou Richa, ao lado da candidata a vice-governadora, Cida Borghetti (Pros), e do senador Álvaro Dias (PSDB).

Beto Richa apresentou um balanço de sua gestão aos prefeitos, com avanços na segurança, saúde e educação, e citou as obras de duplicação das estradas e a garantia da integração do transporte coletivo na região metropolitana. “A população reconhece o trabalho e tem confiança no governador”, disse a prefeita de Guaraqueçaba, Lilian Ramos (PSDB).

Leia Mais »

Tulio Bandeira defende plano privado para saúde pública no Paraná

unnamed

O candidato ao governo pelo PTC, Tulio Bandeira, foi o primeiro entrevistado da Rádio e do Portal Banda B nesta segunda-feira (21), dentro da série de entrevistas ao vivo com candidatos ao governo do Paraná. Todos irão participar até o dia 30 de julho e terão meia hora, entre 7h30 e 8 horas. Advogado renomado, dono de rádio em Foz do Iguaçu, Bandeira garante que não tem vínculos com nenhum outro candidato ou partido e que quer ser governador do Paraná para “dar voz aos desassistidos”.

“Tenho muito a contribuir com o grande debate que vai acontecer nessas eleições. Quero ser a voz das pessoas desassistidas, dos meus clientes, dos cidadãos comuns que me procuram e não têm voz, não são assistidos pelo Estado (…) sou uma opção diferente e vou falar a língua do povo”, afirmou Bandeira em entrevista aos jornalistas Adilson Arantes e Denise Mello.

Leia Mais »

Ney diz que fechamento das Apaes seria ato de ignorância e desumano

unnamed

O deputado Ney Leprevost, líder da Frente Estadual de Saúde e Cidadania e autor da Lei Estadual sobre a conscientização da Síndrome de Dow, destacou a importância das APAEs ao longo dos 60 anos de fundação da primeira Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais no Brasil.

Ney foi um dos parlamentares que defendeu as APAEs com mais veemência contra a tentativa do governo federal de fechá-las. ” Impedir o trabalho das APAEs é um ato de ignorância e desumanidade. Felizmente a sociedade se mobilizou e impediu o governo federal de cometer este crime”.

Leia Mais »

Ogier Buchi questiona ‘visita’ de Gleisi ao Paraguai

unnamed

O último movimento de Gleisi Hoffmann (PT) intrigou Ogier Buchi, candidato ao Governo do Paraná pelo PRP. “O que a senadora Gleisi Hoffmann foi fazer no Paraguai em plena campanha acompanhada do seu candidato à senador, Ricardo Gomyde (PCdoB), e de todo estafe do primeiro escalão da Itaipu Binacional?”, questiona Ogier Buchi. Gleisi esteve dois dias em Assunção, no Paraguai, se encontrou com o presidente paraguaio, Horácio Cartes, e se fez acompanhar de Jorge Samek, presidente da Itaipu Binacional e do assessor de Samek, Joel de Lima, e de Gomyde. O comunista, segundo Buchi, não tem qualquer tipo de função pública no Brasil para acompanhar a senadora em encontro oficial no Paraguai. “Essa história de Gleisi no Paraguai está mal contada”, desconfia Buchi.

TRE libera 380 registros no primeiro dia e ainda vai julgar pedido de cassação de Gleisi

unnamed

Foram deferidos os 380 registros de candidatos julgados no Tribunal Regional Eleitoral nesta terça-feira (22). Os juízes têm até o dia 21 de agosto para julgar todos os 1191 registros e as defesas dos pedidos de impugnação dos candidatos. O registros começaram a ser julgados nesta terça-feira (22), junto com os pedidos de impugnação de registros dos candidatos das eleições deste ano.

Leia Mais »

Limpando a área

Gleisi-Hoffmann1

GIBA 1

Quando Gleisi Hoffmann estava deixando a Casa Civil fez um grande esforço para que seus assessores diretos no Planalto fossem conservados na gestão de Aloizio Mercadante que estava entrando. Chegou até a conversar com Dilma – e voltou ao Senado e entrou na campanha para o governo do Paraná. Aos poucos, contudo, o novo titular da Casa Civil foi tratando de limpar a área, afastando assessores dos tempos de Gleisi e até da época da própria Dilma, que nem reclamou. Mercadante não quer olheiros de ninguém lá.

Banda Vovó Dallas abre campanha eleitoral na ‘Boca Maldita’

unnamed

Evento marca o lançamento da Banda Vovó Dallas que animará a distribuição de 1 milhão de panfletos, lembrando matéria do jornal Gazeta do Povo que relatou a apreensão pela Polícia Federal de um armário cheio de dólares, no apartamento de Eduardo Requião, irmão do candidato Roberto Requião.

Porque Vovó Dallas?
Doático Santos: “O nome da banda que dá largada na campanha eleitoral, neste sábado (26), em frente ao Café Avenida, foi inspirado no apelido que os parnanguaras deram a Eduardo, Vovó Naná; combinado com o nome da Operação Dallas, promovida pela Polícia Federal para investigar a corrupção no Porto de Paranaguá no período em que o irmão de Requião ocupou a superintendência daquela importante autarquia.”

Para o secretário geral do PMDB de Curitiba, Doático Santos, esse caso dos dólares que a PF vincula à maracutaias no porto do litoral paranaense, é um dos fatos que descredenciam o ex-governador Requião no pleito por mais um mandato na chefia do executivo paranaense. O Comitê Paraná Total planeja a distribuição em todo o estado de 1 milhão de panfletos, denunciando o episódio que atinge diretamente às pretensões da família Requião, no pleito de outubro/14.

MP investiga os gastos com cavalos de Requião

unnamed

Ministério Público investiga gastos de R$ 5 milhões com 88 cavalos do senador Requião

O Ministério Público do Paraná publicou na edição desta segunda-feira (21) do Diário Oficial do Estado o comunicado de abertura de inquérito para apurar o uso de dinheiro público no trato de 88 cavalos do senador Roberto Requião (PMDB) durante o período em que ele governou o Paraná, entre 2003 e 2010. O processo foi instaurado no dia 15 de julho, de acordo com a publicação. A responsável pela acusação é a promotora de Justiça Claudia Cristina Rodrigues Martins Madalozo.

Leia Mais »

Ibope mostra Dilma com 38%, Aécio com 22% e Campos com 8%

montagem-dilma-aecio-eduardo-size-598

No levantamento anterior, Dilma tinha 39%, Aécio, 21% e Campos, 10%.

Do G1, em Brasília

Pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (22) mostra Dilma Rousseff (PT), candidata à reeleição, com 38% das intenções de voto para presidente da República. Em seguida, aparecem o senador Aécio Neves (PSDB), com 22%, e o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos (PSB), com 8%. Instituto ouviu 2.002 eleitores em 143 cidades entre sexta e segunda.

No levantamento anterior realizado pelo instituto, em junho, Dilma aparecia com 39%, Aécio com 21% e Campos com 10%.

O candidato do PSC, Pastor Everaldo, alcançou 3% das intenções de voto, mesmo percentual do levantamento anterior.

Leia Mais »

Ao menos um

No alvo

Do Lauro Jardim:

Enfim, uma testemunha convidada pela defesa de André Vargas confirmou presença no Conselho de Ética da Câmara. O capitão de Fragata da Marinha Paulo Ricardo de Souza e Souza vai depor em na quinta-feira, às 11 horas.

Agora, será que ao menos o relator do processo no colegiado, Julio Delgado, sabe dizer qual é a importância do oficial da Marinha para o caso envolvendo André Vargas e Alberto Youssef?

Diz Julio Delgado:

- Não faço a menor ideia.

Ministério Público atesta legalidade da construção de aeroporto em Cláudio

O candidato à Presidência da República pela Coligação Muda Brasil, Aécio Neves, apresentou nesta terça-feira (22/07) inquérito conduzido pelo Ministério Público de Minas Gerais, que foi arquivado por não ter encontrado nenhuma ilegalidade na construção do aeroporto de Cláudio.

A investigação durou cinco anos, foi aberta a partir de denúncia anônima, e nada de irregular constatou. “A notícia de que o Ministério Público abrirá investigação é muito bem-vinda. Assim como ocorreu em inúmeras obras feitas por nós em Minas Gerais, o Ministério Público investigou essa obra em abril deste ano e arquivou esse processo de investigação, porque não encontrou nenhuma ilegalidade”, afirmou Aécio, no comitê de campanha em São Paulo.

Leia Mais »

Lula manda Franklin ficar na campanha de Dilma Rousseff

unnamed

Claudio Humberto

Em pé de guerra com o marqueteiro João Santana – o queridinho da presidenta Dilma –, o ex-ministro Franklin Martins recebeu determinação do ex-presidente Lula para aguentar a onda e permanecer na campanha presidencial. Dirigentes do PT desconfiam que o vazamento da crise do Planalto, após publicação de post contra CBF no site Muda Mais, teria sido estimulado por Dilma, para pressionar Franklin a pedir demissão. A briga começou após Franklin se recusar a retirar do ar post com críticas ao futebol, com ataques diretos ao presidente da CBF, José Maria Marin. A fim de enfraquecer Franklin, Dilma mandou desvincular o Muda Mais de sua campanha à reeleição. O site é coordenado pelo ex-ministro de Lula.

Marcello Richa reúne juventude do Oeste neste fim de semana

unnamed

Marcello Richa, o coordenador de redes sociais da coligação Todos pelo Paraná, que reúne 17 partidos na reeleição do governador Beto Richa (PSDB), participa neste fim de semana, na Região Oeste, de encontros regionais com grupos de jovens para debater estratégias em mídias digitais e políticas públicas voltadas a juventude paranaense.

“As redes sociais terão papel decisivo nessas eleições e a juventude tucana será fundamental neste processo. Vamos utilizar ferramentas inovadoras e faremos uma campanha de alto nível, sem destilar veneno ou ataques. A Tenda Digital será um comitê inédito que, em breve, vamos apresentar”, disse Marcello Richa.

Leia Mais »

Calibrar o discurso

Ilimar Franco, O Globo

As recentes declarações de Aécio Neves sobre o Mais Médicos não agradaram a integrantes de sua campanha. Eles dizem que o tucano devia “colocar melhor sua posição”.

Temem que o PT cole a imagem de que ele é contra o programa. Aliados defendem que Aécio não se envolva no embate corporativo. Explicam que para o eleitor o que importa é ter médico e não de onde ele é (Cuba) ou quanto ganha.

Fórum em Curitiba debate expansão da indústria de defesa

Da AEN:

O desenvolvimento da indústria de segurança e defesa no Paraná foi tema do Fórum que reuniu representantes do Governo do Estado, Forças Armadas e iniciativa privada na segunda-feira (22), na Federação das Indústrias do Estado do Paraná (Fiep), em Curitiba. O Governo Federal criou em 2008 a “Estratégia Nacional de Defesa”, documento que aponta o objetivo de investir R$ 600 bilhões até 2030 na criação de sistemas defesa e no reaparelhamento e modernização das forças armadas.

O general Aderico Mattioli, do Ministério da Defesa, reforçou que o foco é minimizar a dependência externa e atingir um alto nível de índice de nacionalização de fornecedores, peças e equipamentos.
Leia Mais »

Em menos de 24 horas, limite de compras no exterior volta a US$ 300

PonteAmizade_AR

Da Gazeta do Povo:

Menos de 24 horas depois de anunciar que reduziria a cota máxima isenta de impostos para compras feitas no exterior de US$ 300 para US$ 150, o Governo Federal suspendeu a decisão nesta terça-feira. Com isso, os turistas que viajarem ao exterior e voltarem ao Brasil por vias terrestres estarão sujeitos, pelo menos até o fim do ano, à cobrança de impostos caso suas compras tenham excedido US$ 300. O governo tinha reduzido esse valor pela metade.

A informação foi confirmada pela senadora Gleisi Hoffmann (PT) em entrevista à Gazeta do Povo por telefone no início da tarde desta terça. A senadora disse que foi pega de surpresa com o anúncio, feito pelo Governo Federal nesta segunda-feira (21). Ela conta que logo depois de saber da portaria que estabelecia a mudança, prefeitos da região da fronteira, membros da Usina Hidrelédrica de Itaipu e outros líderes da região ligaram para ela e manifestaram posições contrárias à redução.

Leia Mais »

Menos literatura

livros

Do Lauro Jardim:

Despencaram as compras de obras literárias pelo Ministério da Educação segundo pesquisa que será divulgada na semana que vem pela Fipe/USP.

No ano passado, o governo federal gastou 83 milhões de reais para comprar 14 milhões de livros não-didáticos – em 2012, foram investidos 109 milhões de reais por 18 milhões de exemplares.