Lula e Sarkozy: “nós precisamos voltar”

lula sarkozy

GIBA 1

Quem diria: numa conversa com o ex-presidente da França, Nicolas Sarkozy, que estava em São Paulo acompanhando sua mulher, Carla Bruni, o ex-presidente Lula admitiu que seu maior erro político foi ter indicado Dilma Rousseff para sucedê-lo na Presidência. O próprio Sarkozy ficou surpreso e resolveu dar uma força a Lula: “Nós precisamos voltar”. Ele será candidato às próximas eleições presidenciais na França.

Evento de defesa de Dilma no Hotel Bourbon fracassa

unnamed2

O evento da esquerda chic, ontem, no Hotel Bourbon, reuniu 382 pessoas, segundo os organizadores, 186, segundo a contagem técnica, incluidos aí os bravos da imprensa e as notoriedades convidadas. Um ato de defesa do Brasil, anunciavam os organizadores, mas que se caracterizou pelas graves críticas a Joaquim Levy e à política econômica. Foi, mais que tudo, um gesto de afirmação de que o PT, PMDB, PCdoB e assemelhados não vão entregar o osso sem briga. Resumo da opereta: todos contra Dilma, mas todos por Dilma no poder. O senador Roberto Requião, do PMDB, comandou o espetáculo. Gleisi Hoffmann e seu marido, Paulo Bernardo, não foram vistos no evento nem nos bares da região.

No mato, sem cão, e com os gatos na cadeia

dilma-e-lula-2
O Instituto Paraná Pesquisas, do Murilo Hidalgo, fez novo levantamento que derruba todas as expectativas dos petistas mais otimistas. Pois, pois, 83,6% dos entrevistados reprovam Dilma Rousseff. Mais: num segundo turno entre Aécio Neves e Lula, o mineiro venceria o petista por 54,7% a 28,3%.

Janot livra “tucano mineiro”

images

O Estadão informa que Rodrigo Janot encaminhou ao STF pedido de arquivamento da investigação contra o senador Antônio Anastasia. É o primeiro caso de arquivamento entre os 50 políticos investigados no petrolão, lembra o site O Antagonista.

Quando abriu a investigação, Janot se baseou na denúncia do agente da PF Jayme Oliveira Filho, o Careca, entregador do doleiro Alberto Youssef. Careca disse que reconheceu Anastasia por foto como sendo o homem a quem ele havia entregue uma mala de dinheiro, mas Youssef desmontou a versão.

Se Janot era acusado de proteger o PT, agora vão dizer que livrou Anastasia por ser mineiro.

O Estadão informa que Rodrigo Janot encaminhou ao STF pedido de arquivamento da investigação contra o senador Antônio Anastasia. É o primeiro caso de arquivamento entre os 50 políticos investigados no petrolão.

Leia Mais »

Bia Wouk

Aroldo Murá nos lembra que hoje a agenda cultural de Curitiba tem compromisso com a exposição de desenhos de Bia Wouk. Neste sábado, das 10h30 às 15h00, na Rua Dr. Faivre, 591.

bia

Para você ficar sabendo o que mais há de interessante na cidade neste final de semana, clique aqui.

Youssef põe o dedo na ferida Copel/Olvepar

YOUSSEF 22JC-krJH-U1016104978659Z-1024x670@GP-Web

Com a anuência do juiz Sérgio Moro, o Gaeco do Paraná interrogou o doleiro Alberto Youssef, delator da Operação Lava Jato. Youssef negociou a delação com o Ministério Público do Paraná e falou de três operações de lavagem de dinheiro que teria realizado envolvendo o caso Copel/Olvepar no Paraná, que totalizaram cerca de R$ 19 milhões. Youssef teria realizado operações de câmbio para trocar reais por dólares a pedido de Maurício Silva, dono da Embracom, uma empresa de consultoria. O imbroglio envolve um punhado de personalidades da época, 2002. Disse Youssef que fez as operações a pedido de Heins (Herwig), então conselheiro do Tribunal de Contas. Seu depoimento cita, ainda, o advogado Cid Campelo, Guaraci Andrade e o presidente da Copel na época, Ingo Hubert. Segundo fontes do Ministério Público, as declarações de Youssef envolvem outros nomes, que vão de deputados estaduais à época a conselheiro atual do Tribunal de Contas.

Para Youssef, era dinheiro para a campanha eleitoral. è bom sublinhar que o governador na época era Jaime Lerner, mas este cumpria o segunda mandato e não foi candidato a nada.

“Nosso homem em Havana”, da Época

image

A revista Época traz reportagem de capa com novos documentos diplomáticos que expõem a atividade do ex-presidente na intermediação de negócios da Odebrecht em Cuba.

Em telegrama secreto de 2014, o encarregado de negócios Marcelo Câmara relatou conversa em que o próprio Lula lhe confidenciou ter “tratado com o presidente Raúl Castro” sobre garantias para a liberação de um novo empréstimo do BNDES para obras da empreiteira em Havana e que “reportaria teor das conversações à presidente Dilma”.

Sérgio Moro, quase unanimidade

07/04/2015. Crédito: Antonio Cunha/CB/D.A Press. Brasil. Brasilia - DF.  Apresentação da AJUFE de medidas contra impunidade. Juiz, Sérgio Fernando Moro.

A pesquisa em mãos dos empresários de alto coturno do Paraná faz uma constatação previsível. Hoje, a quase unanimidade dos parananeses, 86%, votaria no juiz Sérgio Moro para governar o Paraná na sucessão de Beto Richa. Independente de partido. Índice parecido, 79%, votaria nele para presidente da República. O nome Sérgio Moro transformou-se em emblema da rejeição à corrupção, orgulho de paranaenses que se envergonham dos políticos corruptos. Ora, pois, o combate à corrupção entra nas prioridades máximas da população, que ainda acredita que aí está a origem de todos os nossos males. E que Sérgio Moro é a cura.

Moro tem repetido à exaustação que não é candidato a cargo eletivo. É juiz e quer continuar juiz. Um bom juiz.

Não sobra um, meu irmão

manifestacaoctba_121011
Nos últimos dias, empresários de alto coturno deram de se reunir para analisar pesquisa de opinião que permite um diagnóstico da política paranaense e aponta tendências para as próximas eleições. A pesquisa não será divulgada, como ficou estabelecido. É para consumo interno.

É preocupante a conclusão que os capitães da indústria e do agronegócio retiram dos dados que verificam a quantas andam os maus bofes da população. Primeira observação. Nenhuma das figuras referenciais da política paranaense conseguiu escapar dos efeitos devastadores das investigações sobre a corrupção na pátria mãe tão distraída feitas pela Operação Lava Jato.

Há, é claro, gradações sobre a destruição moral de cada qual. A senadora Gleisi Hoffmann não pode sair às ruas. Não se arrisca a lugares públicos. Leva de arrasto seu marido e toda a caterva do PT. Um arraso completo. Mas não está sozinha nesse vale de lágrimas. Os outros políticos estão mal, muito mal.

Leia Mais »

Lava-Jato pede condenação de
André Vargas

Andre-Vargas
Em alegações finais no processo criminal contra Vargas, os procuradores pediram ainda o bloqueio de R$ 1.103.950,12 e pagamento de igual valor a título de reparação de danos causado

A força-tarefa da Operação Lava-Jato pediu a condenação do ex-vice-presidente da Câmara dos Deputados e ex-secretário de Comunicação do PT, André Vargas, por corrupção, lavagem de dinheiro e comando de organização criminosa. Vargas será o primeiro réu do núcleo político a ser julgado por suspeita de propinas envolvendo contratos da área de publicidade em órgãos federais.

Leia Mais »

Rossoni diz que a CPMF é a gota d’água para afundar o governo Dilma

unnamed

“O governo de Dilma Rousseff acabou e quer levar o país junto para o buraco que o PT abriu em 12 anos de poder.” A afirmação é do deputado federal Valdir Rossoni (PSDB/PR) quando soube da tentativa do Palácio do Planalto de ressuscitar a CPMF, o “imposto sobre o cheque”.

“Parece filme de terror. Dilma e seus ministros vivem num mundo descolado do próprio país e do povo que deveriam cuidar”, afirmou. “Eles quebraram o Brasil e agora tentam consertar da pior forma, ou seja, pisando mais na cabeça de quem já não tem nem como respirar”, disse o deputado.

Leia Mais »

80% do dinheiro de Dirceu não passou por contas bancárias

unnamed
Laudo da Polícia Federal aponta que 80% dos rendimentos declarados pelo ex-ministro José Dirceu não transitaram por suas contas bancárias e que, dos R$ 4 milhões que ele declarou ter obtido como rendimento dos serviços de consultor na JD Assessoria e Consultoria, apenas R$ 1 milhão passou por suas contas analisadas.

Leia Mais »

Só CMPF não equilibra
o orçamento, diz Relator-Geral

unnamed

O deputado federal e relator geral do Orçamento da União para 2016, Ricardo Barros (PP-PR), disse na tarde desta sexta-feira, (28), que mesmo que ocorra a volta da cobrança da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) serão necessários outras medidas para o fechamento.

Leia Mais »

Para aproveitar o
final de semana

Aqui, dicas para você aproveitar o fim de semana.

quer ir ao cinema?
irrational-man-emma-stone-joaquin-phoenix

Tem filme novo de Woody Allen em cartaz. A sinopse de Homem Irracional” conta que “Em crise existencial, o professor de filosofia Abe Lucas (Joaquin Phoenix) começa a lecionar em uma pequena cidade dos Estados Unidos, e uma de suas alunas, Jill (Emma Stone), se aproxima dele devido ao fascínio que sente pelo seu intelecto. Ao mesmo tempo, ele é alvo de Rita (Parker Posey), uma professora casada que tenta ter um caso com ele. A vida muda de rumo quando Abe, em uma lanchonete, escuta a conversa de uma desconhecida sobre a perda da guarda do filho devido à uma decisão do juiz Spangler (Tom Kemp). Inconformado, ele decide planejar o assassinato de Spangler e, por ser um completo desconhecido, jamais seria descoberto.”
Vários cinemas estão com o filme em cartaz em horários variados.

música?

3IriaBraga

– Iria Braga faz show no Teatro José Maria Santos, sexta e sábado às 21 horas e domingo às 20h.
– A cantora Tiê faz única apresentação do repertório do álbum “Esmeraldas” no Teatro Marista, que fica dentro do Colégio Santa Maria, na Rua Joaquim de Matos Barreto, nº 98, São Lourenço. Sábado às 21h.

dança?

– O Balé Teatro Guaíra apresenta até domingo a montagem “Romeu e Julieta”, com coreografia de Luiz Fernando Bongiovanni ao som da Orquestra Sinfônica do Paraná, sob a regência do maestro Luís Gustavo Petri. Sexta e sábado às 20:30h e domingo às 18h, no Guairão. Os ingressos têm preços que cabem no bolso: 20,00.

exposição?

paulo_lemiski

– Em cartaz até dia 04 de outubro “Meu Coração de Polaco Voltou”, diversos tipos de materiais que dão um panorama da obra de Paulo Leminski. A mostra, que está na Sociedade Polono Brasileira Tadeusz Kosciusko (Ébano Pereira, 502, São Francisco) pode ser vista de terça a domingo, das 10h às 17h e tem curadoria de Estrela e Áurea Leminski.
– Várias exposições estão abertas no Museu Oscar Niemeyer, entre elas, “João Batista Vilanova Artigas – Nos Pormenores um Universo”, que ocupa um espaço de mil metros quadrados, com maquetes, projetos originais e desenhos do arquiteto. O MON funciona de terça a domingo, das 10h às 18h.
– O Museu Guido Viaro abre de terça à sábado, das 14h às 18h e recebe a exposição “Masa”, uma retrospectiva da obra do artista japonês Masanori Fukushima.
– Os dez anos de Amely, tirinha criada por Priscyla Vieira estão em exposição na Gibiteca de Curitiba, que fica no Solar do Barão (R.Pres. Carlos Cavalcanti, 533) e tem horário de visitação de terça a sexta-feira, das 9h às 12h e das 14h às 18h. Sábado e domingo das 12h às 18 horas.

literatura?

images
– Entre os dias 28 e 30 de agosto, acontece o Litercultura Festival Literário, com mesas distribuídas entre o Palacete Garibaldi, o TUC, o Clube Curitibano e outros espaços culturais do centro histórico. Para saber da programação que traz nomes como Alan Pauls, Luiz Felipe Pondé e show de Jards Macalé, consulte o site do evento: www.litercultura.com.br.
– Se você prefere ficar em casa, fruindo um bom livro, a dica da semana é o Bolero’s Bar, de Wilson Bueno que tem texto introdutório de Paulo Leminski: “O Bueno, que é dono e freqüentador do Bolero´s Bar, esse boteco sórdido e esplêndido, que abre quando pode e fecha quando não é mais possível”.

Richa com Trabuco, pelos empregos do HSBC

Trabuco

Neste momento, o governador Beto Ficha está reunido com o presidente do Bradesco, Luiz Carlos Trabuco. Richa levou à mesa um assunto espinhoso: o destino dos empregados do HSBC, que está sendo comprado pelo Bradesco. Preservação de empregos é a principal preocupação de Richa.

O furacão amainou

O colunista Lauro Jardim, em seu blog no site da revista Veja, revela nesta sexta-feira (28) aquilo que denominou de Constatação: “Beto Richa saiu do olho do furacão que varreu o Paraná entre março e maio.”

Secretário garante verba do Estado para metrô

Política em Debate

O secretário de Estado do Planejamento, Silvio Barros, garantiu, em reunião na Comissão Especial do Metrô da Câmara Municipal de Curitiba, que o compromisso do governo do Estado de repassar R$ 700 milhões para as obras de construção do metrô da Capital continua de pé. Segundo ele, a data de liberação do recurso só será definida “a partir da realização da nova licitação” – que deverá ser realizada até o fim deste semestre, de acordo com anúncio feito pelo secretário municipal de Planejamento, Fábio Scatolin. “O compromisso está mantido. Para o metrô ou qualquer outro projeto de mobilidade urbana, o Governo do Paraná vai garantir o aporte financeiro acordado”, assegurou Barros.

Gleisi cancela palestra
em Guarapuava

gleisi - 332

Após ter o nome citado e confirmado no recebimento de propina, pelo doleiro Alberto Youssef e pelo ex-diretor de abastecimento da Petrobras, Paulo Roberto Costa, a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), vem cancelando seus compromissos de agenda.

Gleisi iria ministrar, hoje (28), em Guarapuava, uma palestra sobre “A participação política feminina no Poder Legislativo Federal”, porém a presença da petista foi cancelada de última hora.

Outro medo de Gleisi é devido ao fato de a sexta-feira ser marca da Operação Lava Jato. Cinco das dezoito fases da ação comandada pelo juiz federal Sérgio Moro foram deflagradas numa sexta-feira. E, depois que Moro encaminhou ao STF (Supremo Tribunal Federal) novas informações sobre o envolvimento da senadora nos desvios de recursos apurados pela Lava Jato, a tensão de Gleisi é ainda maior.

Richa no Estadão

Beto Richa esteve hoje (28) em São Paulo, onde participou de longo almoço na sede do Estadão. À mesa, com Richa, Francisco Mesquita Neto, diretor-presidente do Grupo Estado, Ricardo Gandour, Diretor de Conteúdo e o Diretor Executivo Flávio Pestana. Na pauta, a crise que assola o país e as medidas que o Paraná tomou diante deste cenário. Todos concordam que o Paraná acertou em antecipar as ações.

PIB brasileiro do segundo trimestre fica em 33º em ranking com 35 países

d’O Globo

SÃO PAULO – A queda de 2,6% do Produto Interno Bruto (PIB) no segundo trimestre em relação ao mesmo período de 2014 coloca o Brasil na 33ª posição em uma lista de 35 países que tiveram suas taxas de crescimento listadas pela consultoria Austin Rating.

A economia brasileira só não teve desempenho pior entre abril e junho do que as da Rússia, que encolheu 4,6%, e a da Ucrânia, com retração de 14,7% na mesma comparação — a economia ucraniana padece dos efeitos de uma guerra civil patrocinada pela Rússia, que por isso é alvo de embargo da Europa e dos Estados Unidos.

Leia Mais »