Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

Liberou geral

Benedita da Silva: “SE O APTO É DO LULA ENTÃO É NOSSO!”
Augusto Nunes: “Benedita da Silva, deputada federal pelo PT do Rio de Janeiro, no Twitter, informando que os devotos do ex-presidente estão liberados para ocupar também o sítio em Atibaia, o Instituto Lula e as duas coberturas em São Bernardo.”

‘Espero que não tenha sido para convocar o Exército Islâmico’

Ontem, Ana Amélia usou o microfone na sessão da Comissão de Constituição e Justiça do Senado para tratar do vídeo de Gleisi na TV Al Jazeera. Entre citar o “desserviço” ao Brasil que a peça provoca, o “equívoco” de tratar como ilegal a prisão de Lula e exemplificar que a “lei é igual para todos” com o caso de Aécio Neves virando réu no STF, ela emenda que espera que o vídeo de Gleisi “não tenha sido para convocar o Exército Islâmico pra vir ao Brasil fazer as operações de proteção ao partido que perdeu o poder e agora parece ter perdido a compostura e o respeito e o apoio popular”.

Família Castro deixa o comando de Cuba, após quase 60 anos

A Assembleia Nacional de Cuba confirmou hoje Miguel Díaz-Canel como o sucessor de Raúl Castro no comando da ilha. Ele recebeu 603 dos 604 votos possíveis na sessão e já é oficialmente o novo presidente do país. informa a Folha de S. Paulo.
Díaz-Canel foi indicado ontem para ocupar o cargo de presidente do Conselho de Estado, cargo que representa o chefe de Estado e de governo de Cuba. Ele será a primeira pessoa de fora da família Castro a comandar o país em quase 60 anos.
Com isso, ele se tornou oficialmente o líder da ditadura cubana, embora na prática Raúl deva manter o poder, já que continuará no comando do Partido Comunista Cubano até 2021 e das Forças Armadas — postos que de fato ditam a política na ilha. A expectativa, portanto, é que Díaz-Canel siga sob o comando do general.

(Foto: Reprodução/Google)

Cara de pau em nível máximo

Gleisi Hoffmann que adora berrar nos microfones que a Globo é golpista, que nada da emissora deve ser considerado, que o canal é responsável por todo o mal que existe no país, não tem o menor pudor em usar as informações publicadas quando lhe convém.
Quando ela concorda com os meios de comunicação eles prestam, quando não concorda são golpistas. Para acabar com as variações de opinião da senadora, só mesmo se prestando a escrever o que ela quer.

MP corta a moda de visitar Lula

Toda a turba de gente que tem forçado a barra para passar umas horinhas distraindo Lula na prisão recebeu recado ontem do Ministério Público que considera inviável “a fixação ou a elasticidade de horário diferenciado para visitas”.
Amigos deverão aparecer para um bate-papo com o chefão do PT no mesmo dia que as visitas da família, que no caso de Lula é toda quinta-feira, dia distinto ao da visita dos outros presos, para evitar confusão e mais tumulto.

(Foto: Leonardo Benassatto/Reuters)

A cabeça do eleitor


Na última pesquisa do Datafolha, foi perguntado ao eleitor quem Lula deveria apoiar caso não concorresse à Presidência da República. Espontaneamente, sem receber opções, 61% dos entrevistados responderam nomes que deixam claro que o eleitor comum não separa as pseudo-ideologias de partidos e candidatos e suas divergências: 19% responderam Marina Silva (Rede), 11% mencionaram Ciro Gomes (PDT) e 7% apontaram Jair Bolsonaro (PSL). Apenas 3% citaram Jaques Wagner e Fernando Haddad, do PT; 4% afirmaram que ele não deveria apoiar nenhum outro candidato.

 

E Cristiane Brasil, por onde anda?

Depois de todo imbroglio que a impediu de assumir o Ministério do Trabalho, Cristiane do Brasil, que forçou até as últimas consequências sua nomeação, agora dá de ombros e trata da derrota como graça divina: “Ué, graças a Deus, foi ótimo […] Acho que Deus é que tá certo, não era para eu assumir. Todos os dias eu agradeço por não ter assumido, foi uma graça divina. O fato de eu assumir ia provocar uma reação interna, eles sabem que eu ia procurar os gargalos do ministério, eu ia organizar aquilo de uma forma que não ia agradar, de repente, os grupos que estavam instalados lá dentro”.
A cara de pau da deputada não é proporcional ao seu tamanho – na foto, ela sobe em um caixote para ficar da altura do ministro do Trabalho, Helton Yomura.

Alckmin e Aécio: política café com leite

No PSDB começou o salve-se quem puder, pelo menos o da porta para fora, aquele para o público. Geraldo Alckmin declarou que Aécio Neves deve se afastar da vida pública e cuidar de sua defesa. Ele não quer respingos dos vexames do senador em sua campanha.
Aécio rebateu, a dizer que o eleitor mineiro é solidário, que não gosta de corrupção mas também não admite um colega sapatear em cima da desgraça de outro.

Alexandre Teixeira na Comunicação Social

O jornalista Alexandre Teixeira vai assumir a Secretaria de Estado da Comunicação Social. A indicação foi feita por Cida ontem e a posse será oficializada na semana que vem.

Requião: ‘Não há mais espaço para a conversa e para os bons modos’

São os tempos. Roberto Requião faz inflamado discurso convocando a militância para a luta, garantindo que não há mais espaço para o diálogo nem para os bons modos. Foi ovacionado aos gritos de “Se cuida, Imperialista! A América Latina vai ser toda socialista”.

Após vídeo em TV árabe, deputado pede cassação de Gleisi

O deputado federal e oficial da Polícia Militar aposentado Major Olimpio (PSL) acusou a senadora e presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, de crimes contra a segurança nacional e contra o estado, após ela conceder entrevista à emissora de televisão árabe Al Jazeera, denunciando a prisão do ex-presidente Lula. Ele protocolou uma representação na Procuradoria Geral da República, pediu a a cassação do registro do PT e protocolou representação contra a petista no Conselho de Ética do Senado, no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e no Supremo Tribunal Federal (STF). As informações são do Bem Paraná.

Mais de 500 militares no ‘Dia do Exército’ promovido por Ney na ALEP

Por proposição do deputado Ney Leprevost foi realizada na quarta-feira, dia 18, no plenário da Assembleia Legislativa, sessão alusiva ao Dia do Exército Brasileiro, que é comemorado anualmente em 19 de abril.

Em seu discurso, Ney lembrou que é justo o reconhecimento público ao Exército Brasileiro e a todos que o compõem. “As ações do Exército estão em sintonia com os desejos e aspirações do povo. A mão amiga do Exército não nega apoio a sociedade brasileira, principalmente nos momentos de calamidades e de ameaças a democracia”.

“Os militares são fundamentais na vigilância da soberania nacional e do respeito a Constituição Federal”, ressaltou Ney.

Leia Mais »

Cida assegura continuidade das ações do Estado nos municípios

Prefeitos de diversas regiões do Paraná reuniram-se nesta quarta-feira (18) com a governadora Cida Borghetti e apresentaram demandas para convênios e licitações de projetos urbanos. O objetivo é garantir continuidade aos processos neste momento de mudança de governo. O encontro foi no Palácio Iguaçu, com a presença do ex-governador Beto Richa.

“Estamos dando prosseguimento ao apoio do Estado aos municípios”, assegurou Cida. “Nossa atuação é focada nas pessoas e, por isso, os projetos das cidades merecem toda a atenção, porque eles impactam diretamente na vida da população”, afirmou a governadora.

Leia Mais »

STF: Maluf ficou para amanhã

Com o placar de 4 a 3 contra o deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP), o Supremo Tribunal Federal (STF) adiou para quinta-feira o fim do julgamento do pedido de habeas corpus. Os ministros discutiram nesta quarta-feira se condenados por turmas, como é o caso de Maluf, podem ter direito a novo julgamento.

Quatro dos onze ministros votaram para que Maluf não tenha direito a apresentar embargos infringentes. Além de Edson Fachin, o relator da Lava-Jato, votaram neste sentido os ministros Roberto Barroso, Rosa Weber e Luiz Fux. Já os ministros Dias Toffoli, Alexandre Moraes e Ricardo Lewandowiski foram a favor desse tipo de recurso nas turmas da Corte. As informações são d’O Globo.

PSB quer anunciar candidatura de Barbosa até 15 de maio

O PSB convenceu o ex-ministro do Supremo Tribunal Federal Joaquim Barbosa a se lançar pré-candidato à Presidência até 15 de maio. O principal argumento foi o de que, a partir desta data, pré-candidatos poderão arrecadar dinheiro para a campanha por meio de financiamento coletivo (crowdfunding), chamado de “vaquinha virtual”. As informações são de Igor Gadelha e Isadora Peron no Estadão.

Barbosa se filiou ao PSB em 6 de abril, mas, embora sua pré-candidatura seja dada como certa nos bastidores, ele resistia a oficializá-la para evitar ataques. Segundo interlocutores no PSB, o ex-ministro queria esperar esfriarem discussões de temas polêmicos para não ter de se pronunciar sobre, por exemplo, a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), condenado e preso na Lava Jato, que o indicou para o STF em 2002.

“Conseguimos convencê-lo de que tem de ser antes do dia 15. Acredito que vai ser entre a última semana de abril e a primeira de maio”, afirmou o líder do PSB na Câmara, Júlio Delgado (MG), um dos principais envolvidos na negociação com o ex-ministro.

Império Alviverde rebate:
‘MST provocou e intimidou’

A principal torcida organizada do Coritiba, Império Alviverde, rebateu as acusações no começo da tarde desta quarta-feira (18) e afirmou que a confusão ocorrida no acampamento de apoio ao ex-presidente Lula foi iniciada por integrantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra (MST).

De acordo com nota oficial publicada na rede social Facebook, em nenhum momento o confronto foi planejado, assim como não houve iniciativa por parte dos torcedores que estavam se deslocando a caminho do estádio Couto Pereira. “Houve provocação e tentativa de intimidação por parte dos militantes, que inclusive agrediram e feriram alguns dos nossos integrantes com golpes de martelo, além de estarem portando facões, foices, entre outros objetos. De imediato deu-se início ao conflito que está sendo veiculado por diversas mídias”, informou a organizada. As informações são da Banda B.

Leia Mais »

Posse de Sperafico será em Toledo

A governadora Cida Borghetti vai dar posse ao deputado Dilceu Sperafico na chefia da Casa Civil nesta quinta-feira, 19, em Toledo. Na cidade, Cida anuncia ainda a construção do Hemocentro (R$ 4 milhões) e da Unidade Básica de Saúde em Vila Nova (R$ 600 mil), além da reforma de mais três unidades de saúde (R$ 450 mil) e do Colégio Estadual Olivo Beal (R$ 2 milhões) que será a nova sede do núcleo regional da educação.

No distrito de Concórdia do Oeste, Cida entrega o recapeamento asfáltico e autoriza o recape (R$ 1,3 milhão) até o distrito de Dez de Maio. O total de investimentos que serão anunciados em Toledo supera R$ 8,3 milhões.

Um vice Requião para Osmar Dias

No final da semana, Roberto Requião reuniu os prefeitos do MDB da Região Metropolitana mais a claque costumeira para informar que iria propor a Osmar Dias, do PDT, um vice para firmar uma aliança entre os partidos. Nada mais, nada menos, que o seu próprio rebento, Maurício, hoje deputado estadual. Ninguém ousou contrariar o morubixaba. Mas depois correu a notícia no resto do partido e não pegou bem. Aliás, foi um desastre. Pelo que se sabe, Osmar Dias “não mostrou nenhum entusiasmo pela ideia.” Mais não disse.

“Leia a Constituição”,
diz Requião à juíza

Requião, do MDB, explicou que não pediu a visita a Lula, mas se o fizesse a juíza não tinha como proibir, já que a Constituição e o Regimento do Senado facultam-lhe o direito de se encontrar com o ex-presidente: “O judiciário não pode continuar a desrespeitar o Legislativo.”

Justiça nega a Esquivel que inspecione cela de Lula

A juíza Carolina Moura Lebbos, da 12ª Vara da Justiça Federal de Curitiba, negou nesta quarta (18) o pedido do Prêmio Nobel da Paz, Adolfo Pérez Esquivel, para fazer uma inspeção na sala onde está preso o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, na sede da Superintendência da Polícia Federal, no Santa Cândida, em Curitiba.

A decisão  considerou o posicionamento do Ministério Público Federal (MPF), que pediu o indeferimento da solicitação, por que não existiria previsão legal para a vistoria.

Esquivel embasa o pedido nas Regras Mínimas das Nações Unidas para Tratamento de Presos, conforme Regras de Mandela, que tratam especificamente de inspeções em unidades prisionais. No entanto, a Justiça considerou que “efetivamente não há fundamento legal” para amparar a pretensão.

Leia Mais »