A paranaense bem patrocinada pelo Banco do Brasil

tval
Na foto, a paranense Val Marchiori (Valdirene) quando começou carreira em Apucarana e agora, sucesso com ajuda do Banco do Brasil

Aldemir Bendine, presidente do Banco do Brasil e Val Marchiori foram vistos juntos em missões oficiais do banco, em Buenos Aires e no Rio, hospedados no mesmo hotel. Ele alega coincidência, enquanto seu ex-motorista garante que ia buscar Val em diversos lugares, a pedido de Bendine, agora acusado de ter facilitado empréstimo de R$ 2,7 milhões para uma empresa dela.

Bendine, casado, é um grande amigo de Val: quando ela participava de um programa de TV fazendo entrevistas, o Banco do Brasil patrocinava a compra do horário. Evaldo Ulinski, com quem Val tem dois filhos, nunca se importou com a amizade deles: tem total confiança em sua mulher que, a propósito, estava tentado junto ao BB um empréstimo para sua empresa Big Frango.

Coritiba vence e deixa Zona de Rebaixamento

Foto: Daniel Castellano / Gazeta do Povo coxa_x_botafogo_-_Daniel_Castellano-026

Com gols do camaronês Joel e de Alex, o Coritiba bateu o Botafogo por 2 a 0 na noite de hoje, no Couto Pereira, e deixou a Zona de Rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Agora a equipe ocupa a 16ª colocação, com 32 pontos. O Botafogo, concorrente direto do alviverde na luta contra o rebaixamento, ficou na penúltima posição, com 30 pontos. O próximo jogo do Coritiba é sábado, às 18h30, contra o Grêmio, no Couto Pereira.

Atlético bate o Criciuma
fora de casa

Foto: Gustavo Oliveira/ Site Oficial cleo - foto gustavo oliveira - site oficial

Em partida válida pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético Paranaense venceu o Criciúma por 1 a 0, hoje à noite, em Santa Catarina. Cléo fez o gol da vitória atleticana. Esta é a terceira vitória consecutiva do Atlético Paranaense, que anteriormente havia batido Figueirense (3 x 0) e Flamengo (1 x 0) na Arena da Baixada. Agora, o rubro-negro soma 40 pontos e fica a 6 do “número mágico” que garante a permanência na Série A – os matemáticos consideram que as equipes que chegarem a 46 pontos eliminam as chances de rebaixamento. O Atlético-Pr volta a campo no sábado, às 16h20, contra o Fluminense, no Maracanã.

Datafolha por região

aécio e dilma veritá

Desde o começo da disputa do segundo turno, Aécio Neves (PSDB) e Dilma Rousseff (PT) têm jornada dupla: a manutenção da popularidade onde dominam e a tentativa de reverter o quadro onde o cenário é desfavorável. Sem falar no trabalho realizado nos grandes centros. Toda a articulação se justifica quando são analisados os resultados das pesquisas de acordo com a região. Em uma campanha disputada voto a voto, regiões em que candidatos não conseguem passar da marca de 1/3 das intenções de voto podem ser determinantes.

Veja a popularidade dos candidatos nas regiões do País de acordo com o mais recente Datafolha.

Leia Mais »

Sobe-desce

DILMA SOBE DESCE
Dilma: ela sobe, a bolsa cai

Aposta do sistema financeiro para a Bovespa na segunda-feira pós-eleição. Se der Dilma Rousseff, uma queda em torno dos 10%. Se o vencedor for Aécio Neves, a alta será em torno dos mesmos 10%.

Enfim, Romário
apóia Aécio

romario

Depois de muita negociações e recuos, Romário finalmente decidiu apoiar Aécio Neves. Ontem, de madrugada, um telefonema dos dois selou o acordo.

Romário gravou hoje em Brasília, sem alarde, um depoimento que será exibido amanhã à noite, no programa de TV do tucano.

Romário, eleito senador com 4,6 milhões de votos no Rio de Janeiro, é visto na campanha de Aécio como um trunfo para a busca de votos nestes últimos dias no terceiro maior colégio eleitoral do Brasil.

Figueiredo Basto, advogado de Youssef, nega que doleiro tenha negociado com o PSDB

Foto: Denis Ferreira Netto/ Estadão figueiredo - - foto denis ferreira netto - estadao

Do Globo:

Os advogados do doleiro Alberto Youssef, preso na operação Lava-Jato, apresentaram nesta quarta-feira à Justiça Federal do Paraná um pedido de acareação entre o doleiro e Leonardo Meirelles, diretor-presidente da Labogem. A defesa quer ainda a impugnação do depoimento prestado por Meirelles na segunda-feira onde ele acusa Youssef de ter mantido negócios com o PSDB através do ex-presidente nacional da legenda Sérgio Guerra (PE), morto em março.

— Meu cliente jamais teve negócios com Sérgio Guerra ou com quem quer que seja do PSDB. Em seu depoimento à justiça, como é do conhecimento de todos, ele disse que tinha negócios com o PP e que o dinheiro de propinas da Petrobras iam também para o PT e PMDB — disse o criminalista Antônio Figueiredo Basto.

Leia Mais »

O que vem por aí
é um plebiscito

A teoria da pancadaria é curta para explicar o que parecem ser as oscilações do eleitorado.

Do Elio Gaspari, O Globo:

Quando Marina Silva não conseguiu chegar ao segundo turno, atribuiu-se seu declínio à pancadaria que sofreu. Talvez nunca se saiba por que o balão esvaziou, mas, mesmo olhando-se para os golpes que levou, essa teoria é curta. Foi de sua equipe que partiu a plataforma da independência do Banco Central. Admita-se que a ideia pode ser boa. Ainda assim, ela foi exposta pela educadora Neca Setubal, herdeira da família que controla o banco Itaú. Precisava? Se isso fosse pouco, dias depois, Roberto, irmão de Neca e presidente da casa bancária, disse que via “com naturalidade” uma possível eleição de Marina. Precisava? Marina falou em “atualizar” a legislação trabalhista, mas não detalhou seu projeto. Juntando-se gim e vermute, tem-se um Martini. Juntando-se banqueiro com atualização das leis trabalhistas, produz-se agrotóxico. Precisava?

Leia Mais »

Ricardo Barros no lançamento da Superliga em São Paulo

Superliga

Deputado federal eleito, Ricardo Barros (PP) participou ontem, em São Paulo, da festa de lançamento da Superliga 2014/15. O evento reuniu craques e campeões olímpicos e mundiais de três gerações do vôlei brasileiro.

Barros é hoje um dos maiores apoiadores do esporte no Paraná. É presidente da Associação dos Clubes de Vôlei (ACV) e incentivou a montagem do time de vôlei de Maringá, o Ziober Maringá Vôlei, que está no segundo ano na SuperLiga. O levantador Ricardinho e diversos jogadores do Ziober também participaram da festa.

Aécio passa Dilma
no Rio Grande do Sul

aecio_2

Aécio tem 48% das intenções de voto contra 42% de Dilma

Ricardo Noblat

Em empate técnico com Dilma até a semana passada, Aécio agora ultrapassou-a no Rio Grande do Sul para além da margem de erro da pesquisa.

Segundo a mais recente pesquisa do Ibope, Aécio tem 48% das intenções de voto (eram 44% na pesquisa anterior) contra 42% de Dilma (eram 43%). Votos nulos e brancos, 7%. Indecisos, 3%.

Levando-se em conta apenas os votos válidos, excluídos os brancos e nulos, Aécio cresceu dois pontos percentuais e tem 53%. Dilma oscilou dois pontos percentuais para menos e está com 47%.

Richa faz campanha hoje, às 18h, para Aécio na Boca Maldita de Curitiba

richa - boca

O governador Beto Richa (PSDB) faz campanha hoje (quarta-feira, 22) para Aécio Neves (PSDB), a partir das 18h, na Boca Maldita de Curitiba. “Eu peço aos paranaenses para este domingo, dia 26, um voto consciente, um voto patriótico, em defesa desta nação, em defesa deste país. O Aécio não é um aventureiro, não caiu nestas eleições de paraquedas, é um politico honrado, honesto, decente, carrega no seu sangue o DNA de Tancredo Neves, um dos maiores estadistas que este Brasil conheceu. O Aécio é um gesto público testado e aprovado. Foi oito anos o governador de Minas Gerais, o segundo maior estado do Brasil, eleito e reeleito no primeiro turno, teve umas das maiores aprovações deste país, 82%. Em todas as pesquisas nacionais, ao longo deste oi anos, foi apontado como o melhor governador do Brasil”, disse Beto Richa.

Leia Mais »

De Tulio para Gleisi

tulio e gleisi

“E o imoral sou eu, né, Gleisi?!”

A frase é de Tulio Bandeira, Candidato do PTC, que em debate do primeiro turno foi chamado de imoral pela candidata do PT, Gleisi Hoffmann. Agora, com as denúncias do envolvimento de Gleisi nos desvios da Petrobras, Tulio vai à forra.

Tesoureiro do PT estaria envolvido em operações em Itaipu

vaccariTesoureiro do PT é acusado de cobrar propina em negócios com fundos de pensão para rechear caixa dois de campanhas

Por Cleide Carvalho, no O Globo

SÃO PAULO – O doleiro Alberto Youssef e o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa não foram os primeiros a utilizar a delação premiada para acusar o tesoureiro do PT, João Vaccari Neto, de arrecadar propina para o partido. Identificado como um dos operadores do mensalão e apontado como doleiro pela Procuradoria Geral da República, o operador financeiro Lúcio Bolonha Funaro acusou Vaccari de cobrar propina em operações com fundos de pensão em pelo menos duas ocasiões, na CPI dos Correios (2006) e das ONGs (2010). Em depoimento ao MPF, afirmou que o tesoureiro do PT chegava a cobrar propina de 12% em negócios que serviam para rechear o caixa-dois de campanhas políticas.

Leia Mais »

WhatsApp: a novidade
destas eleições

Do Ricardo Noblat

Claro que, assim como em outras arenas virtuais, o comportamento de candidatos e militantes no WhatsApp nem sempre é louvável.

Uma das grandes novidades destas eleições foi o uso do WhatsApp. Menos visível e mais difícil de monitorar do que o Facebook ou o Twitter, o impacto do WhatsApp não tem rendido tantas notícias ou controvérsias. No entanto, teve papel fundamental nas campanhas.

Leia Mais »

Irmã de Lula pede votos para Aécio: ‘melhor para o Brasil’

Do Terra:

“Estou pedindo para vocês terem consciência. No dia 26 de outubro, votem em Aécio Neves”, diz Lindinalva Silva, irmã do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em vídeo que circula na internet a favor do candidato do PSDB. Ao contrário da irmã, Lula está em campanha pela reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT), sua sucessora.

No vídeo, Lindinalva exibe uma folha de papel e, questionada por uma espécie de “apresentadora”, explica que o documento diz respeito a “umas leis, uns projetos que a Dilma está criando”. “Então é muito importante que todos vejam”, afirma – o internauta, no entanto, não consegue ler o que está escrito no papel.

Leia Mais »

Sob governos do PT, Casa Civil virou “ministério do escândalo”

casa civil

Da IstoÉ:

No momento em que a campanha de Dilma Rousseff prega que nunca houve tanto combate à corrupção, a análise do histórico de um dos ministérios mais importantes do poder Executivo, a Casa Civil, mostra que os escândalos sempre estiverem próximos da gestão do Partido dos Trabalhadores.

José Dirceu, ministro-chefe da Casa Civil de 2003 a 2005, no governo Lula, foi condenado e preso por envolvimento no mensalão. A seguir, cairia Erenice Guerra, que chefiou a pasta entre abril e setembro de 2010, após denúncias de tráfico de influência envolvendo seu filho.

No governo Dilma, foi a vez de Antonio Palocci (foto), ministro entre janeiro e junho de 2011, pedir demissão em virtude de denúncias de enriquecimento ilícito. Sua sucessora na Casa Civil, Gleisi Hoffman, que ocupou a pasta até fevereiro de 2014, não passou livre de escândalos. Ela teria recebido, segundo denúncia do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, R$ 1 milhão, originados de propinas, para bancar a campanha ao Senado.

Flagrante

titulo eleitor

Desde ontem, nenhum eleitor pode ser preso ou detido, salvo em flagrante delito. A regra do Código Eleitoral vale até 48 horas depois do fim das eleições. A medida restringe a uma única condição prévia a possibilidade de o candidato vir a se afastar da campanha por força de uma ação policial em determinado período do processo eleitoral. Já os candidatos não podem ser presos desde 15 dias antes das eleições. O candidato que concorrer ao segundo turno para presidente da República ou governador já não pode ser detido desde o dia 11 deste mês. As informações são do Bem Paraná.

TSE pune Dilma por vídeo em que Lula chama Aécio de ‘filhinho de papai’

O TSE cassou, na noite dessa terça-feira, 21, um minuto e 50 segundos do tempo de Dilma Rousseff (PT) na televisão. Por unanimidade, os ministros entenderam que a campanha da petista não pode mais reprisar inserção em que é exibido o ex-presidente Lula em comício chamando o candidato do PSDB, Aécio Neves, de “filhinho de papai”, além de tecer outras críticas. Informações do Estadão.

Leia Mais »

Segurança Pública pode incorporar os agentes penitenciários

leon - sec

Os secretários Leon Grupenmacher (Segurança) e Maria Tereza Uille Gomes (Justiça) vão propor ao governador Beto Richa (PSDB) a incorporação dos agentes penitenciários ao sistema de segurança do Estado. Assim, os profissionais que cuidam dos presídios poderão interagir diretamente com as forças policiais. Se aceita, a medida valeria a partir de 2015. Hoje, os agentes fazem protesto, reivindicando mais segurança nas prisões e até a criação de uma secretaria específica para o sistema penal. Outra medida em estudo é a revisão da carga horária dos agentes para que mais profissionais fiquem dentro das unidades. Desde 2010, a categoria tem dois dias de folga para cada dia trabalhado.

Pelas pesquisas, Aécio não estaria no segundo turno, afirma Rossoni

rossoni

O deputado Valdir Rossoni, presidente do PSDB-PR, disse que as pesquisas eleitorais refletem o momento e que parte dos eleitores, até os instantes finais da eleição, ainda muda de voto. “A melhor pesquisa será no domingo, o resultado das urnas. Se pudéssemos acreditar cegamente em pesquisa, o Aécio não teria ido para o 2º turno, porque estava com 17% um pouco antes do dia da votação.”

Leia Mais »