Fábio Campana | Política, cultura e o poder por trás dos panos.

Fachin nega recurso de Lula e julgamento é cancelado no Supremo

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin rejeitou há pouco pedido protocolado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para aguardar em liberdade o julgamento de mais um recurso contra a condenação na Operação Lava Jato. Com a decisão, o caso não será julgado na próxima terça-feira (26) pela Segunda Turma da Corte, e Lula continuará preso.

A decisão do ministro foi tomada após a vice-presidente do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF 4), Maria de Fátima Freitas Labarrère, rejeitar pedido para que a condenação a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do tríplex em Guarujá (SP), um dos processos da operação, fosse analisado pela Corte. As informações são da Agência Brasil.

Leia Mais »

Delação de Palocci é água no chope petista

O PT tinha tentado pegar um embalo na absolvição da senadora Gleisi Hoffmann para criar um clima de pressão pela soltura de Lula na próxima terça-feira, pela Segunda Turma do STF.

A decisão do TRF-4 de homologar a delação de Antonio Palocci ainda nesta semana joga água no chope do partido e volta a levar pânico às hostes petistas. O ex-todo-poderoso ministro de Lula e Dilma Rousseff já deu pílulas do potencial explosivo de sua delação em depoimentos recentes e em carta ao antigo partido. As informações são de Vera Magalhães, no Estadão.

Ratinho Junior, Ney e aliados querem barrar aumento da conta de luz

Foto: Nani Gois/Alep

O deputado Ney Leprevost, presidente do PSD Curitiba, afirmou que, junto com o pré-candidato ao Governo do Estado, deputado Ratinho Junior, vai mobilizar, na sessão plenária de segunda-feira (25), a bancada do partido e outros deputados aliados para apresentar um requerimento à Copel e ao governo estadual para não aumentar o valor da tarifa da energia elétrica.

“É muito difícil, mas vamos tentar barrar este aumento da tarifa de energia da Copel, pois na maioria das residências o gasto com energia pesa muito no orçamento doméstico”, disse Ney.

Leia Mais »

Alckmin em Cascavel

O ex-governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, presidenciável do PSDB, estará na próxima quinta-feira, 28 em Cacavel. Às 10h na sede da Amop, Alckmin vai expor aos prefeitos e lideranças da região Oeste, o plano tucano para o desenvolvimento da agricultura brasileira.

Urgente: Justiça homologa
delação de Antonio Palocci

Jornal do Brasil

O relator da Operação Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), desembargador João Pedro Gebran Neto, homologou nesta sexta-feira (22) a delação do ex-ministro Antônio Palocci, fechada com a Polícia Federal.

Palocci está preso desde setembro de 2016, condenado por ter participar de um esquema de corrupção com a Odebrecht e a Petrobras. Os depoimentos estão em segredo de Justiça, e o conteúdo não foi divulgado. O ex-ministro fechou os termos da delação com delegados responsáveis pelas investigações da Lava Jato após os procuradores do Ministério Público Federal (MPF) rejeitarem o acordo. O ex-ministro foi condenado pelo juiz Sérgio Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro em um dos processos da operação.

A decisão foi tomada após a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que, nesta semana, validou autorização legal para que delegados das polícias Civil e Federal possam negociar delações premiadas, conforme previsto na Lei de Organizações Criminosas (12.850/2013).

Com Agência Brasil

Vozes do Paraná homenageia personagens retratados em uma década de coleção

“Grandes Porta-Vozes do Paraná” serão celebrados na próxima segunda (25), durante o lançamento do décimo volume da coleção de perfis biográficos escrita pelo jornalista Aroldo Murá

O título “Grandes Porta-Vozes do Paraná” passará a ser entregue em forma de diploma, todos anos, pela Editora Alma Mater a paranaenses nativos ou por adoção, que venham exercendo papel relevante e excepcional na vida do Paraná. A editora, junto da Editora Bonujuris, é responsável pela publicação da coleção de perfis biográficos “Vozes do Paraná – Retratos de Paranaenses”, de autoria do jornalista Aroldo Murá G. Haygert.

A primeira diplomação dos “Grandes Porta-Vozes do Paraná” acontece na próxima segunda-feira (25 de junho), às 19h30, na Sociedade Garibaldi, em Curitiba, com a presença da governadora Cida Borghetti – que abrirá o evento, sendo ela mesma uma dos diplomados.

Os “Grande Porta-Vozes do Paraná” são: Cida Borghetti, Jaime Lerner, Euclides Scalco, casal Luiz Fernando e Ellin de Queiroz, Luiz Carlos Martins, Clèmerson Merlin Clève, João Elísio Ferrraz de Campos, Cicero de Andrade Urban, Wilson Picler, Fábio Campana, Orlando Pessuti, René Ariel Dotti e Belmiro Valverde Jobim Castor (in memoriam).

Leia Mais »

Aviso aos navegantes

Respeitada a lei, a partir do dia 7 de julho, 90 dias antes da eleição em primeiro turno, os agentes públicos que participam diretamente do pleito ficam proibidos de:

1 – nomear, contratar ou de qualquer forma admitir, demitir sem justa causa, suprimir ou readaptar vantagens, ou por outros meios dificultar ou impedir o exercício funcional e, ainda, remover, transferir ou exonerar servidor público, ressalvados os casos de: nomeação ou exoneração de cargos em comissão e designação ou dispensa de funções de confiança;
2 – nomear para cargos do poder Judiciário, do Ministério Público, dos Tribunais de Contas e dos órgãos da Presidência da República;
3 – nomear aprovados em concursos públicos homologados até 7 de julho de 2018;
4 – nomear ou contratar empresas ou pessoas para prestar serviços públicos essenciais, só com prévia e expressa autorização do chefe do Poder Executivo;
5 – transferir ou remover militares, policiais civis e agentes penitenciário.

Leia Mais »

Lula e o PT definem Haddad candidato a presidente

O ex-presidente Lula, que toma as principais decisões no PT de dentro da cadeia, bateu o martelo: o ex-prefeito paulistano Fernando Haddad será mesmo o candidato do partido à presidência da República, em outubro. Até oficializar Haddad, a estratégia é divulgar que Lula vai disputar: seu eleitorado majoritariamente desinformado ignora os impedimentos legais para o registro da sua candidatura na Justiça.

Além de definir Haddad, Lula planeja repetir a mesma solução da sua própria candidatura: buscar o vice em Minas Gerais. A informação é da coluna Cláudio Humberto, do Diário do Poder.

Leia Mais »

CEO na área do meio ambiente

O executivo Glauco Requião, responsável pela diretoria de Meio Ambiente da Sanepar, deixa o cargo na próxima semana para um novo desafio. Ele será o CEO da CS BIOENERGIA S.A., uma prestadora de serviços e geradora de energia a partir da biodigestão do lodo, resíduo resultante do tratamento de esgotos sanitários, composto essencialmente por matéria orgânica.

O convite surgiu após a empresa acompanhar o bom trabalho que o executivo vem fazendo a frente da companhia de Saneamento, levantando questões ambientais e sustentáveis. Intitulado de “executivo verde”, um dos destaques foi quando Requião colocou que as empresas como a Sanepar deveriam se recolocar no mercado como empresas ambientais com vocação para o saneamento. Ou seja, ter a sustentabilidade como um dos principais pilares do negócio. Frente à CSBio, Glauco terá diversos desafios. Dentre eles operar a maior e melhor usina de tratamento do Brasil. A posse acontece no dia 25 de junho.

Crise no Brasil, reflexos no Uruguai, Mujica se preocupa

“Pertenço a um pequeno país e quando Lula foi presidente deste país gigantesco, teve muita consideração pelos países pequenos da América Latina. O Brasil se comportou como uma espécia de irmão mais velho. Reconheceremos sempre isso. Uruguai é um país pequeno, no meio dos gigantes Brasil e Argentina. Quando algum vizinho nosso se resfria, o Uruguai se gripa. Meu desejo que o Brasil possa superar seu problema não é gratuito, porque se o Brasil anda mal, nós também andamos mal. Não há como desvincular as economias. Por isso que minha pátria se chama América Latina”.
José “Pepe” Mujica, ex-presidente do Uruguai, depois de visitar Lula na prisão.

(Foto: Gibran Mendes/Fotos Públicas)

Datafolha: Lula é o mais preparado para acelerar economia

Diz a pesquisa do Datafolha, feita nos dias 6 e 7 de junho de 2018, com 2.824 entrevistas, que Lula é o pré-candidato que pode salvar a economia do país. 32% citaram o ex-presidente; 15%, Jair Bolsonaro; 8% apostaram em Marina Silva. Geraldo Alckmin e Ciro Gomes empatam com 7% e Alvaro Dias fica junto com Henrique Meirelles: 3%.

Diminuição de pena para quem ler como um condenado

Durante esta semana o deputado federal Marco Antônio Cabral tentou novamente emplacar o seu projeto: cada livro lido, quatro dias a menos de pena.
Na proposta, ele incluiu as obras ‘autorizadas’ para que os condenados possam ter direito ao benefício, entre elas, 39 partes do Velho Testamento e 27 do Novo Testamento – cada uma tem peso de um livro. O projeto havia sido retirado no dia 14 de junho e foi reapresentado na terça-feira. O texto foi alterado para especificar os critérios da leitura da Bíblia.
Marco Antônio é filho de Sergio Cabral, condenado a mais de 100 anos de prisão.

Lula candidato com medida cautelar

O criminalista Gustavo Badaró avalia que se tudo der certo durante o julgamento do dia 26, a cautelar da Segundona do Supremo anulará os efeitos da lei da Ficha Limpa. Pelo menos até que se concluam todos os recursos e isso pode acontecer só depois das eleições.

Na teoria todo mundo sabe o que fazer

“Precisamos baratear os custos da eleição, aumentar a representatividade do Congresso e aumentar a governabilidade. Os custos obrigam os candidatos a buscar financiamentos extravagantes. Há uma diferença muito grande entre o que se custa e o que se pode arrecadar. Isso é motivo de grande parte das práticas de corrupção que vemos no país. Partidos viraram business. Negócio privado com venda de tempo de televisão. Temos que reagir a isso se quisermos criar a cultura de mínimos de decência política”.
Luís Roberto Barroso, ministro do STF, durante seminário promovido pelo instituto de formação de lideranças políticas RenovaBR.

Promotor poeta

Valmir Soares Santos, promotor de Justiça da 15.ª Promotoria de Justiça Criminal de Brasília, encaminhou curioso pedido à Justiça. Seu objetivo era pedir a extinção da punição de um réu acusado de furto, que morreu durante o processo.
Fez isso em verso: “O promotor denunciou / o processo andou / a Defensoria Pública peticionou / e a triste notícia da morte chegou”.
O promotor já havia desfilado pelas manchetes de jornais quando inventou o “Princípio Lula” para pedir a um juiz que soltasse um homem preso preventivamente acusado de roubo. Na época, março deste ano, o STF concedeu salvo-conduto ao ex-presidente para que ele não fosse preso enquanto o habeas corpus não fosse julgado.

 

 

A grana da irmã de Romário

A irmã do baixinho teve renda média mensal de R$ 4 mil entre 2014 e 2016, mesmo assim seu patrimônio saiu dos R$ 649 mil para R$ 12,4 milhões no período.
É coisa de família, Zoraidi de Souza Faria sabe fazer gol na conta corrente.

O peso da greve dos caminhoneiros

Depois da greve, a conta. O Paraná ainda sofre efeitos da paralisação nacional. Leite, frango e hortifrúti têm alta nos preços que chegam a 65%.
Alguns exemplos: um dia antes da greve, o preço da banana caturra era R$ 1,61, hoje, R$ 2,98; o leite de caixinha, custava R$ 2,51 o litro, passou para R$ 3,40.

Costa Rica não é mais paraíso fiscal para o Brasil

Desde janeiro deste ano, a Costa Rica não faz mais parte da lista de países classificados pelo Brasil como ‘paraísos fiscais’.
Em 2015 a Receita Federal brasileira iniciou um esforço pelo acordo que, apesar de facilitar o investimento e o comércio bilateral, ainda não deu frutos.
Ter tributação favorecida não ajudava a Costa Rica na abertura de oportunidades oficiais de intercâmbio comercial com o Brasil. Agora que tudo está certinho, ainda não há novidades em campo.

Prisão domiciliar de Lula

Ministros do STF dão a entender que é possível chegar a uma “solução meio-termo”, nem lá nem cá e conceder prisão domiciliar a Lula. Zanin, o advogado do petista, diz que não pediu isso a ninguém porque “Lula é inocente e por isso pede o restabelecimento de sua liberdade plena”
Entre a fofoca do STF e o pedido de Zanin, os petistas batem cabeça e algumas correntes apontam Haddad como candidato à Presidência e outras, Jaques Wagner.

PPS vê centro entre Marina e Alckmin

O presidente nacional do PPS, Roberto Freire, disse em entrevista à Rádio Eldorado, publicada nesta sexta no Estadão, que o centro político se afunila e deverá decidir entre Marina Silva e Geraldo Alckmin. Ele negou que seu partido esteja negociando com Marina e afirmou que trabalhará para que se cumpra o indicativo do congresso da sigla para apoio ao tucano. As informações são do BR18.